Futebol/Copa Flórida

Guerrero volta a atuar mais fixo sob o comando de Tite

GazetaEsportiva.net - Jacksonville , - EUA
18/01/2015 08:05:19

Em: Corinthians, Futebol

Um dos orgulhos de Mano Menezes em sua segunda passagem pelo Corinthians era ter dado mais mobilidade ao centroavante peruano Paolo Guerrero. Novamente sob o comando de Tite no início de 2015, no entanto, o jogador ganhou a companhia de Emerson Sheik e voltou a sair menos das áreas rivais.

“O Guerrero pode jogar dos dois jeitos e produzir bem. Em algumas situações, a equipe vai precisar que ele fique centralizado, como agora. É algo benéfico”, disse Tite, que festejou dois gols do peruano na vitória sobre o Bayer Leverkusen, no sábado, pela Copa Flórida.

Apesar de Guerrero ter sido eleito o melhor jogador do torneio, o técnico também evitou elogios exagerados a ele, como Mano Menezes fez em alguns momentos. “Sei que as pessoas costumam olhar a jogada terminal, mas existe o trabalho de toda uma equipe”, discursou.

Mesmo no seu posicionamento antigo, Guerrero foi o destaque do Corinthians na Flórida (foto: Daniel Augusto Jr.)
Mesmo no seu posicionamento antigo, Guerrero foi o destaque do Corinthians na Flórida (foto: Daniel Augusto Jr.) – Credito: Divulgação/Agência Corinthians
Tite não quer saber nem mesmo da polêmica renovação de contrato de Guerrero. Enquanto Mano dizia que determinados jogadores serviam como exceções à regra de teto salarial, o atual comandante do Corinthians prefere não se intrometer nos problemas diretivos.

“A minha alçada não é essa. A hierarquia não permite que eu interfira. Não sou manager, e sim um técnico de futebol envolvido com o que acontece no gramado”, esquivou-se Tite, que certamente não quer perder o seu artilheiro – independentemente de como ele atuar.




×
Quer receber notícias do Corinthians?