Gazeta Esportiva

Gil responde torcedor do Corinthians nas redes sociais e nega panela para derrubar Vítor Pereira

São Paulo, SP

08/04/22 | 13:11

O zagueiro Gil utilizou as redes sociais para responder um torcedor do Corinthians após ter recebido ameaças de morte e violência, na última quinta-feira. Segundo prints divulgados pelo site Meu Timão, ele negou os rumores de que os jogadores estão trabalhando para derrubar o técnico Vítor Pereira.

"Já que você veio com educação aqui no meu perfil, vou responder da mesma maneira. Minha carreira foi construída em cima de muito profissionalismo e muita luta, então disso eu não participo e muito menos aprovo tal atitude. Eu tenho uma carreira e um nome a zelar, não é porque as coisas não estão dando certo que somos tratados como vagabundos. Somos também pais de família e temos honra sim!! Eu nunca na minha vida faltei com o respeito com alguém e não será agora no Corinthians que isso irá acontecer", escreveu em uma mensagem privada a um torcedor.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Jamais, eu entendi muito bem a sua mensagem, por isso estou passando a minha versão, pois isso nunca aconteceu e nem vai acontecer. Agora, o que não podem é, por causa dos resultados, virem acusar todos nós de sermos mal (sic) caráter. Eu sou muito homem para assumir os meus erros e jamais na minha vida iria fazer alguma coisa dessas. Meu pai me fez homem. (...) Meu respeito pelo clube continua e vou continuar trabalhando como sempre fiz".

Após receber as ameaças junto de Cássio e a esposa do goleiro, Gil apagou/arquivou suas fotos vestindo a camisa do Corinthians em seu Instagram pessoal, deixando apenas a última, do dia 25 de março, comemorando o gol que marcou contra o Guarani, no Paulistão.

Em meio a protestos, o Corinthians volta a campo neste domingo para enfrentar o Botafogo, a partir das 16h (de Brasília), no estádio Nilton Santos, pela primeira rodada do Brasileirão.


Deixe seu comentário