Futebol

Gerente corintiano espera solução breve para Dudu e vê Jonas distante

Marcos Guedes - São Paulo, SP - Brasil
05/01/2015 20:11:00

Em: Corinthians, Futebol

Depois de apresentar o volante Cristian, Edu Gaspar falou sobre as várias negociações em andamento no Corinthians. O gerente de futebol do clube evitou entrar em detalhes sobre a situação do atacante Dudu, mas a diretoria está otimista. Não é o caso em relação ao volante Jonas.

Sobre Dudu, o dirigente se permitiu falar que espera uma solução rápida. “Peço até desculpa, mas, nesse caso, não posso comentar exatamente nada. Gostaria muito de dizer. Mas teremos novidade, se Deus quiser, em breve”, afirmou. “Qualquer palavra pode acabar prejudicando. É uma situação bem importante.”

O jogador de 22 anos, que disputou o último Campeonato Brasileiro emprestado ao Grêmio, tem os direitos ligados ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e chegou a ser dado como reforço certo no Parque São Jorge. A situação se complicou com a concorrência do rival São Paulo.

Tite quer contar com Dudu na pré-temporada do Corinthians nos EUA (foto: Daniel Augusto Jr.)
Tite quer contar com Dudu na pré-temporada do Corinthians nos EUA (foto: Daniel Augusto Jr.) – Credito: Divulgação/Agência Corinthians
O Corinthians espera comprar 60% dos direitos econômicos do atleta por 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,9 milhões), divididos em oito parcelas a partir de maio. A oferta do São Paulo é menor, mas o pagamento seria mais rápido do que o do rival. Tudo isso, segundo Edu Gaspar, pelas características do atacante.

“O mercado é carente de atletas de velocidade e transição. No futebol moderno, estão sendo muito buscados jogadores com essas características, porque elas são difíceis. Alguns atletas têm essas características e chamam a atenção. Pode ser que seja o caso do Dudu”, disse o gerente de futebol alvinegro.

Cautelosamente confiante na contratação do veloz atleta de frente, o dirigente se mostrou pessimista em relação a Jonas. A chegada do volante de 23 anos também chegou a ser dada como certa, mas o Sampaio Corrêa aumentou o pedido e complicou a negociação.

“Ainda é uma situação que estamos sondando, conversando. É um atleta que ainda está um pouco distante”, comentou Edu, surpreso com as notícias sobre um suposto acerto. “Nunca falamos que estava próximo. Continua como estava lá atrás. Estamos conversando.”

Edu confirmou ainda a sondagem a Darío Conca, do Fluminense, advertindo que “negociar com um atleta desse gabarito não é fácil”. A transferência se tornou possível com a saída da parceira Unimed do clube das Laranjeiras, que, no entanto, não quer perder o meia de 31 anos.