Duilio atualiza busca do Corinthians por centroavante: "Não dá para colocar prazo"

Tiago Salazar - São Paulo,SP

12-01-2022 15:58:38

Duilio Monteiro Alves aproveitou a coletiva de imprensa presencial desta quarta-feira para atualizar as informações sobre a busca do Corinthians por um centroavante.

O presente do Timão admitiu pessimismo quanto a Cavani, evitou falar de Diego Costa pelo fato do jogador ainda não ter conseguido a rescisão com o Atlético-MG, mas também esclareceu que não pretende esperar por ninguém até a janela do meio do ano.

"Não dá para colocar um prazo, não tenho um alvo definido. É um perfil de jogador que tenha marketing, nome, a gente conta com parceiro em termos de salário, não de compra, formato é baseado em marketing, então, tem de ser um nome forte. O Corinthians está procurando, a gente monitora o mercado, olha diariamente, as coisas mudam rápido, não dá para colocar prazo, nem para te falar quem é o jogador".

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Nossa ideia não é esperar até o meio do ano, temos competições importantes, mas vamos fazer as coisas com calma, quando a gente tiver certeza e que encaixe. Não é nada de desespero. Temos um time montado, temos jogadores com qualidade, mas lógico que reforçar essa posição é uma prioridade".

"Conversei com o irmão do Cavani sobre possibilidades. A gente já acompanhava há um tempo a vontade dele de voltar à América do Sul. Conversamos, existia essa possibilidade, uma dúvida. Diego Costa nunca conversei, não o conheço, não foi feito proposta, ele tem contrato com Atlético. E o Corinthians está no mercado, tem muitos centroavantes no mercado e temos um investidor para patrocinar essa busca. Não tem hoje nenhuma negociação com nenhum atleta".

"No futebol brasileiro, não temos olhado outros nomes, nossa busca tem sido no exterior. No futebol brasileiro, os que nos interessariam, são jovens, não é possível nesse momento. A gente busca no futebol mundial, independentemente de ser um grande nome. Do Brasil não é a busca do momento. O futuro a gente não sabe. Corinthians pode gastar até 70% da receita com futebol, poderia gastar até 80% pela Lei do Profut, mas não significa que a gente vai fazer. Hoje, não existe nenhum alvo no futebol brasileiro. A gente busca fora do Brasil".


"Existem outros nomes que estamos estudando, não sei se vai ser Cavani, Diego... Vai ser um grande centroavante, e a hora que a gente entender que nomes, valores, tudo estiver na mesma página, virá. Mas, sem pressa. Hoje, não tem nada adiantado. O Corinthians não fez proposta para nenhum jogador. Teve uma conversa com Cavani, mas, para mim, é muito difícil, mas eu tenho de tentar. Hoje, é praticamente impossível, o Manchester não deve liberar o jogador, o que sei é o que vocês sabem, mas seguimos nossa busca. O corintiano pode ter certeza que, com muita responsabilidade, na hora certa, vamos trazer um camisa 9".

"Temos um parceiro que nos dá condições de trazer, nossa folha hoje é ainda um pouco menor que dezembro de 20, são números, então, o Corinthians está atrás mesmo de um centroavante de peso. A gente entende que tem de ser um nome forte, para o parceiro ter o retorno, e o Corinthians é gigantesco, não está esperando Cavani, ninguém. O Corinthians está no mercado, mas com calma, para evitar erros. Fizemos a primeira contratação em agosto. Mas, conseguimos trazer grandes jogadores. Valeu a pena a esperar" concluiu Duilio.

A Gazeta Esportiva informou nesta quarta-feira que o Corinthians aguarda apenas a rescisão de Diego Costa sair para apresentar uma proposta oficial.

 

Deixe seu comentário