Diretor diz que Arana só chega ao Corinthians se Sevilla voltar atrás em pedida

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
30/01/2019 22:32:19

Em: Campeonato Paulista, Corinthians, Futebol, Sevilla

Horas depois de o Sevilla praticamente fechar as portas para a saída de Guilherme Arana, o Corinthians se pronunciou oficialmente sobre o andamento das tratativas para repatriar o lateral esquerdo. De acordo com o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, a possibilidade de negócio está atrelada unicamente a uma possível mudança de posição dos espanhóis com relação à proposta já feita pelo Timão.

“Como a gente deixou claro, era um negócio muito difícil, um jogador jovem na Europa. O Corinthians fez uma proposta alta. Só sairá negócio se o Sevilla voltar atrás e considerar a proposta que foi feita. Diferente do que o Corinthians já propôs não dá para ser feito, é uma loucura. A gente aguarda. Negociação só vai existir se o Sevilla voltar atrás”, assegurou o dirigente corintiano, detalhando a questão, na visão corintiana.

“Tem forma de pagamento, que o Corinthians fez o que é possível, os prazos, e o que eles pedem em contrapartida é muito diferente do que a gente propôs. Por isso, é muito difícil que saia, e o Corinthians não tem nada mais o que fazer”, continuou Duílio, mantendo uma certa esperança em sucesso no negócio, assim como publicou a Gazeta Esportiva mais cedo.

“É muito diferente do que a gente propôs. É muito difícil que saia. Mas a gente é corintiano e corintiano não desiste nunca”, concluiu Duílio, que espera o final da janela de transferências para clubes europeus, nesta quinta-feira, para definir que não há mais agremiações do Velho Continente atrás do atleta.




×
Quer receber notícias do Corinthians?