Destaque do Corinthians, Raniele se diz "confortável" de atuar como zagueiro: "Facilita para a gente" - Gazeta Esportiva
Destaque do Corinthians, Raniele se diz "confortável" de atuar como zagueiro: "Facilita para a gente"

Destaque do Corinthians, Raniele se diz "confortável" de atuar como zagueiro: "Facilita para a gente"

Gazeta Esportiva

Por Redação

03/04/2024 às 07:00

São Paulo, SP

Desde que chegou ao Corinthians, Raniele mostra sua versatilidade, podendo fazer diferentes funções em campo. Algo que comumente ocorre nos jogos do Timão é o movimento do volante de baixar para atuar entre os zagueiros, formando uma linha de cinco na defesa. O atleta se diz "confortável" com essa dinâmica e considera que ela é um trunfo para todo sistema defensivo.

"Quanto à minha entrada na linha, o António (Oliveira) faz isso há muito tempo. Me sinto confortável jogando dessa maneira, facilita mais para a gente na defesa, dá liberdade para os zagueiros fazerem coberturas. Para mim é tranquilo, facilita para a gente no desempenho defensivo", comentou Raniele em entrevista coletiva, após o empate decepcionante do Corinthians com o Racing-URU, na estreia da Copa Sul-Americana.

Contra os uruguaios, além de manter esse padrão de posicionamento, o volante chegou a efetivamente atuar como zagueiro em determinado momento da segunda etapa. Isso não é novidade para Raniele, que realizou esse papel em diversos momentos na carreira.

Na visão do camisa 14, era esperado que o time não atuasse no seu melhor nível contra o Racing-URU, devido à falta de ritmo de jogo ocasionada pelo período de treinamentos no CT Joaquim Grava. Mesmo assim, Raniele reconheceu o jogo abaixo da equipe e disse que o conjunto pode render mais.




"Por mais que a gente tenha passado um tempo treinando, o ritmo de jogo da partida é muito diferente, é outro nível de competição. Mesmo que a gente tenha treinado esse tempo, sem jogos oficiais, era esperado ser abaixo por se tratar da primeira partida. Não tanto, lógico. Podemos fazer muito mais e melhor. Mas é um grupo novo, é normal esse tempo de adaptação", comentou Raniele, que lamentou os pontos deixados em Montevidéu.

"Se tratando da camisa que a gente veste, temos que vencer todos os jogos. A gente esperava um triunfo aqui. Mas independente de quem formos enfrentar na próxima rodada, temos que vencer sempre. É importante começar pontuando, mas queríamos os três pontos. Acredito que estamos preparados para vencer os próximos jogos e dar uma resposta imediata", comentou.

Com o empate contra o Racing-URU, o Corinthians conquistou seu primeiro ponto na Sula, ficando a dois do Argentinos Juniors, que venceu seu compromisso contra o Nacional-PAR por 3 a 2. O Timão está na segunda colocação do grupo F.

Agora, o Corinthians volta a entrar em campo pela competição na próxima terça-feira, diante do Nacional-PAR, na Neo Química Arena, às 19 horas (de Brasília).

Conteúdo Patrocinado