Depois de jogar só um tempo em 2019, Díaz fica no “limbo” no Corinthians

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
22/03/2019 20:20:22

Em: Campeonato Paulista, Corinthians, Escolha do editor, Futebol

Depois de definir a entrada do meia Régis na lista de inscritos e fechar o grupo que tentará a conquista do tricampeonato paulista, o técnico Fábio Carille agora tem no paraguaio Sérgio Díaz um atleta praticamente sem função até o início do Campeonato Brasileiro. Trocado na relação para que o armador canhoto pudesse ser opção e presente em apenas dois jogos em 2019, ele dificilmente terá outras chances neste semestre.

“Opção do treinador, somente isso”, sintetizou à reportagem o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, descartando uma possível negociação como causa para a escolha. A possibilidade de alguns atletas serem emprestados havia sido levantada pelo próprio treinador em entrevista na quarta-feira, quando disse ainda não saber quem sairia para a entrada de Régis.

O departamento médico alvinegro também assegura que não há mais qualquer problema com o joelho direito do atleta, operado no final de 2017 e motivo de preocupação no começo do ano. Carille chegou a dizer que não havia inscrito o atleta inicialmente no Estadual por causa de dores no local, mas, depois de considerar um erro de avaliação seu, colocou Díaz como 26º nome na primeira fase.

Ao todo, Díaz completou pouco mais do que um tempo de futebol na temporada, atuando 52 minutos divididos igualmente entre os jogos contra Racing e Avenida, ambos na Arena. Agora ele fica à disposição apenas para a Sul-Americana, que será retomada em maio, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, que começa no final do mês que vem.

Em um cenário no qual Díaz foi preterido até como opção no Estadual, porém, é difícil vislumbrar que ele tenha chances em outros torneios. Outros cinco nomes fazem funções parecidas com a dele e não têm recebido oportunidades, mas, teoricamente, estão na frente por seguirem na lista do Paulista: André Luís, Gustavo Silva, Marquinhos, Mateus Vital e Régis.

O atacante está emprestado até o final do ano pelo Real Madrid B, clube para o qual o retorno é visto como grande objetivo em sua estadia no Corinthians. Ele é um dos seis estrangeiros do elenco, ao lado do zagueiro Bruno Méndez (uruguaio), o meio-campista Araos (chileno), o armador Sornoza (equatoriano), o atacante Boselli (argentino) e o ponta Romero (paraguaio).

 

 




×
Quer receber notícias do Corinthians?