Corinthians acerta chegada de Yuri Alberto com liberações de Ivan e Mantuan ao Zenit

Tiago Salazar - São Paulo,SP

25/06/22 | 18:34 - 25/06/22 | 18:45

O Corinthians já acertou um acordo com o Zenit para contratar Yuri Alberto por empréstimo, e o anúncio oficial depende apenas da finalização de trâmites burocráticos. Em troca do centroavante, o time brasileira cederá o goleiro Ivan e o atacante Gustavo Mantuan.

Com salário R$ 1,2 milhão, Yuri Alberto ficará emprestado até junho de 2023, mesmo prazo de cessão da dupla de corintianos ao Zenit. O centroavante chega com valor de compra fixado em cerca de 20 milhões de euros e Ivan e Mantuan, de 5 e 15 milhões de euros.


Ao final do período de empréstimo, portanto, os dois clubes podem estudar uma eventual negociação em definitivo. Como detém apenas parte dos direitos econômicos de Ivan (50%) e Mantuan (90%), o Corinthians, neste caso, pode precisar desembolsar algum dinheiro.

Terceiro goleiro do Corinthians, Ivan será liberado em breve para viajar e se apresentar ao Zenit. Já Mantuan, dono de uma posição no time titular, ficará no Corinthians até o jogo de volta contra o Santos pelas oitavas de final da Copa do Brasil, marcado para 13 de julho.

Com o acordo já alinhavado entre os clubes e os estafes dos atletas, o aval final ao modelo da negociação foi dado pelo técnico Vítor Pereira neste sábado, data do jogo contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. O português chegou a relutar, mas aprovou a negociação que implicará nas cessões de Ivan e Mantuan.


Yuri Alberto está em São José dos Campos e poderá treinar no Corinthians após o dia 30 de junho, mas, para estrear, precisa esperar até a abertura da janela de transferências, em 18 de julho. Segundo dados do Footstats, o centroavante registrou seis gols e quatro assistências em 15 jogos pelo Zenit.

Na última terça-feira, a Fifa autorizou que jogadores e treinadores estrangeiros de clubes russos e ucranianos possam estender seus contratos com outros times até junho de 2023 em decorrência da invasão da Rússia à Ucrânia. No entanto, o empréstimo de Yuri Alberto não está enquadrado nesta exceção e será realizado normalmente.

Deixe seu comentário