Carille pode repetir time em três jogos pela primeira vez no ano

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
16/05/2018 07:59:02

Em: Corinthians, Futebol, Libertadores

O técnico Fábio Carille deve repetir a equipe do Corinthians pela terceira vez consecutiva na noite desta quinta-feira, contra o Deportivo Lara-VEN, às 21h45 (de Brasília), no estádio Metropolitano de Lara, em Barquisimeto, chegando uma sequência inédita para ele na atual temporada e que, por sinal, só ocorreu uma outra vez desde que ele assumiu o comando da equipe.

Sem novos desfalques por suspensão ou contusão, mesmo encarando uma série de quatro jogos em 11 dias, Carille só não usará Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho e Romero, escalação utilizada frente a Vitória e Palmeiras, se mudar de ideia no treino da tarde desta quarta, no reconhecimento do gramado do local.

Bem encaixada após a constatação de que Pedrinho realmente tem condição de iniciar a partida e jogar por quase 90 minutos (ficou 86 minutos em campo frente ao Palmeiras e saiu de Itaquera dizendo que “nem estava muito cansado”), a formação está próxima de alcançar algo ocorrido apenas uma vez desde que o comandante assumiu o cargo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O feito foi conquistado na fase final do Campeonato Paulista do ano passado, quando Carille conseguiu rodar seus nomes para chegar em bom nível às semifinais do torneio, contra o São Paulo. Com a mesma equipe, o comandante derrotou o rival no Morumbi por 2 a 0 e selou a classificação com um empate por 1 a 1, em Itaquera.

No meio das duas partidas, os mesmos 11 atletas encararam o Internacional, pela quarta fase da Copa do Brasil, e acabaram eliminados nos pênaltis, também na Arena. O último duelo antes de ser interrompida a sequência fechou a mesma com chave de ouro: 3 a 0 sobre a Ponte Preta, fora de casa, encaminhando o título estadual.

Chegar ao quarto duelo, porém, é pouco provável no atual cenário. Serão menos de 72 horas entre o jogo na Venezuela e o embate contra o Sport, no Recife, que preocupa a comissão técnica pelas condições climáticas. Depois dela, o fim é certo: Cássio se apresenta à Seleção Brasileira e dá lugar a Walter ou Caíque França até a Copa do Mundo.




×
Quer receber notícias do Corinthians?