Esposa de Bravo denuncia bebedeira e falta a treinos na seleção chilena

São Paulo, SP

11-10-2017 15:31:50

O clima na seleção chilena ficou pesado após a equipe ficar de fora da próxima Copa do Mundo. Através das redes sociais, a esposa de Claudio Bravo, Carla Prado, acusou os companheiros do goleiro de ingerirem bebidas alcoólicas durante as Eliminatórias Sul-Americanas, apontando o fato como um dos motivos pelos quais o país não garantiu vaga para o Mundial da Rússia.

Se referindo ao marido como Capitão América, Carla Prado foi dura em seu posicionamento sobre a tragédia para o futebol chileno. Depois de conquistar duas Copas Américas e ser vice-campeão da Copa das Confederações, o Chile terá de assistir o Mundial do sofá.

“Quando se veste essa camisa, tem que ser com profissionalismo. Eu sei que a maioria lutou muito, enquanto outros iam para festas e, inclusive, faltavam aos treinamentos por conta da ressaca. Que vista a carapuça quem mereça e deixem de andar chorando, porque agora o país inteiro chora”, escreveu a esposa de Claudio Bravo na legenda de uma foto postada em suas redes sociais.

Questionado sobre as declarações de Carla Prado, Gary Medel, volante da seleção chilena, garantiu que jamais presenciou episódios como os descritos pela esposa de Claudio Bravo. Ele também valorizou o esforço de todo o elenco para tentar garantir a vaga ao Mundial, o que não foi possível graças ao empate entre Peru e Colômbia por 1 a 1.

Deixe seu comentário