Sem limite para gastar, time chinês admite interesse em Diego Costa

São Paulo, SP

27-02-2017 12:12:37

Apesar de estar no líder do Campeonato Inglês, o futuro de Diego Costa pode ser a China. O Tianjin Quanjia admitiu que pode tentar contratar o atacante do Chelsea, como já fez em janeiro, e ainda revelou que quase contratou colombiano Radamel Falcao García, do Monaco, mas a negociação foi barrada por Fabio Cannavaro.

“Nós tentamos contratar o (Alexandre) Pato no último ano, mas ele não veio porque nosso clube ainda estava na segunda divisão. Depois que subimos de divisão, ele veio”, declarou Shu Yuhui, dono da equipe, em entrevista coletiva. “Nós também entramos em contato com o Diego Costa e outras estrelas. Resta saber quem se juntará a nós em julho, mas acredito que os novos jogadores estão no mesmo nível de Diego Costa”.

Leia mais: Espanhóis decidem e Chelsea vence o Swansea

“Algum tempo atrás, o famoso empresário Jorge Mendes veio para Dafeng para uma reunião. Tivemos uma negociação durante a noite e Falcao estava prestes a assinar contrato, no entanto as conversas se encerraram após Cannavaro dizer que ele não se encaixaria no nosso estilo de jogo”, continuou Yuhui. “Preço e reputação não são nossas prioridades. Nós tivemos que nos desculparmos com Mendes”.

Buscando reforços de renome na janela de transferências do meio do ano, o time o comandado por Fabio Cannavaro, ex-jogador italiano campeão do mundo, tem uma vantagem ao seu lado: o dinheiro não será um problema para que a meta seja alcançada.

“Teoricamente, não há um limite para gastar em transferências na próxima janela. Podemos tentar contratar quem quisermos. Mas em várias ocasiões, nossos alvos estão relutantes em virem para cá”, afirmou o dono do Tiajin Quanjia.

Nesta temporada, Diego Costa já marcou 17 gols e fez cinco assistências em 28 partidas disputadas. Além disso, ele é o vice-artilheiro da Premier League (16 gols), com um gol a menos que os primeiros colocados Alexis Sanchez, Lukaku e Harry Kane.

Deixe seu comentário