Após saídas, Chelsea analisa nomes para reforçar a defesa

São Paulo, SP

02/08/22 | 14:20

Após perder jogadores relevantes nesta janela de transferências, o Chelsea vem monitorando alguns nomes para reforçar a defesa. Segundo o jornal The Guardian, o clube tem interesse no lateral direito Kyle Walker-Peters, do Southampton, no lateral esquerdo Marc Cucurella, do Brighton, e no zagueiro Wesley Fofana, do Leicester City.


De acordo com a publicação, os Blues poderiam contratar Walker-Peters por cerca de 35 milhões de libras (R$ 223 milhões). O jogador de 25 anos seria um concorrente direto para Reece James, que perdeu 16 partidas por lesão na última temporada.

Walker-Peters, que já disputou dois jogos pela seleção inglesa, ainda pode atuar nas duas laterais. Além dele, o holandês Denzel Dumfries, da Internazionale, também está no radar de Thomas Tuchel.

Já para a lateral esquerda, o Chelsea está próximo de fechar com Cucurella, que também foi especulado no Manchester City. O espanhol de 24 anos, destaque do Brighton em 2021/22, deve ser vendido por 50 milhões de libras (R$ 320 milhões).

Por fim, quanto à zaga, o Chelsea vê com bons olhos Fofana, de 21 anos. No entanto, o jovem francês, que perdeu boa parte da última temporada por conta de lesão, deve seguir em seu clube. Isso porque o Leicester não quer vendê-lo e estipula uma hipotética transferência por 85 milhões de libras (R$ 543,5 milhões).

Os Blues perderam Antonio Rudiger para o Real Madrid, enquanto Andreas Christensen se transferiu para o Barcelona - além deles, os laterais Marcos Alonso e César Azpilicueta conversam com a equipe catalã. Por outro lado, o time de Tuchel comprou o senegalês Kalidou Koulibaly, do Napoli, e não conseguiu trazer Jules Koundé, ex-Sevilla, que foi para o Barça.

Com a pré-temporada concluída, o Chelsea estreia na Premier League 2022/23 no sábado, às 13h30 (de Brasília), quando visita o Everton, pela primeira rodada da competição.

Deixe seu comentário