Símbolo da Chapecoense, Follmann participa do Mesa Redonda

São Paulo , SP
29/10/2017 22:48:44 — 29/10/2017 22:52:13

Em: Chapecoense, Futebol
Ex-goleiro Jakson Follmann foi um dos convidados do programa Mesa Redonda (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

A edição deste domingo do programa Mesa Redonda teve um convidado especial. O ex-goleiro Jakson Follmann, um dos sobreviventes do acidente sofrido pela delegação da Chapecoense, visitou as dependências da Fundação Cásper Líbero para participar do programa da TV Gazeta.

Em 29 de novembro de 2016, então classificado à decisão da Copa Sul-Americana diante do Atlético Nacional, o time catarinense sofreu um acidente aéreo a caminho da Colômbia. Um dos três sobreviventes do elenco, Follmann hoje atua como embaixador da Chapecoense.

“Estou muito feliz por tudo que vem acontecendo na minha vida. Não posso fugir disso”, disse o ex-goleiro, recém-casado. “Minha recuperação vem sendo ótima. Estou sempre com a cabeça boa, pensando em coisas positivas. Claro que nunca esqueço o que aconteceu, mas procuro olhar adiante. Tenho uma fé muito grande”, descreveu.

Um dos três sobreviventes do elenco ao lado do zagueiro Neto e do lateral esquerdo Alan Ruschel, Jakson Follmann sofreu 13 fraturas pelo corpo e precisou amputar parte da perna direita. Aos 25 anos de idade, ele deixou uma mensagem otimista durante a participação no programa Mesa Redonda.

“Que as pessoas aproveitem a vida de uma forma positiva, porque dessa vida a gente não leva nada. É uma frase que gosto de usar: nascemos sem nada e morremos sem levar nada. Então, que as pessoas possam amar mais e perdoar mais, porque você nunca sabe o dia de amanhã”, afirmou.

Dos jornalistas Flávio Prado e Chico Lang, anfitriões da atração da TV Gazeta, o convidado ilustre ouviu palavras de incentivo. “Pode ter certeza que você começa uma nova vida e vai deixar muita coisa bacana”, declarou Prado, apresentador do programa.