Chapecoense enfrenta o Avaí de olho na liderança do Brasileirão

São Paulo , SP
29/05/2017 08:00:31 — 29/05/2017 19:04:44

Em: Avaí, Brasileiro Série A, Chapecoense, Notícias

Depois da decisão do Campeonato Catarinense, Chapecoense e Avaí se encontram novamente, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, às 20 horas (de Brasília) desta segunda-feira, na Arena Condá. O jogo poderá render a liderança da competição nacional aos donos da casa.

Ainda sem perder no Brasileirão e com 4 pontos conquistados, a Chape conta com uma vitória para alcançar os mesmos 7 de Corinthians e Cruzeiro, que dividem a ponta da tabela de classificação. O Avaí só tem um e está na zona de rebaixamento.

A Chape vai contar com a força de sua Arena Condá para desequilibrar ainda mais o confronto. Para o embate, o técnico Vagner Mancini quer sua equipe atuando com a mesma intensidade que vem apresentando – principalmente contra o Palmeiras, na última rodada.

Mancini está satisfeito com o momento da Chapecoense (foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Sem Nathan, lesionado, Mancini contará com a dupla de zaga formada por Luiz Otávio, que volta de suspensão, e Victor Ramos. Já para a vaga de João Pedro, também fora por problemas físicos, Seijas deve ser o substituto.

Em situação oposta na tabela e precisando vencer a todo custo, o Avaí se prende na boa atuação da última partida contra a Chape. Pela final catarinense, o Leão da Ressacada venceu o time verde por 1 a 0, mas acabou perdendo o título pelos critérios de desempate.

Eleito melhor goleiro do estadual, Kozlinski comemorou a boa fase e a titularidade na equipe e espera que o Avaí faça uma partida concentrada, buscando o resultado. “As duas equipes se conhecem bem. É jogo decidido nos detalhes”, afirmou.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE x AVAÍ

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 29 de maio, segunda
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Michael Correia (RJ)

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Victor Ramos, Luiz Otávio e Reinaldo; Girotto, Luiz Antonio e Seijas; Rossi, Wellington Paulista e Arthur
Técnico: Vagner Mancini

AVAÍ: Kozlinski; Leandro Silva, Betão, Alemão e Capa; Luan, Judson, Diego Tavares e Marquinhos; Denílson e Romulo
Técnico: Claudinei Oliveira