Jorginho deixa o comando do Ceará após três partidas

São Paulo , SP
04/06/2018 10:49:49

Em: Brasileiro Série A, Ceará, Futebol
Jorginho alega problemas pessoais e pede demissão do Ceará (Foto: Israel Simonton/cearasc.com)

Jorginho não é mais o treinador do Ceará. O comandante pediu demissão logo após a partida a derrota para o Cruzeiro alegando problemas pessoais. O técnico comandou a equipe cearense em apenas três oportunidades e foi derrotado em todas elas.

“Apesar do tempo muito curto de trabalho, posso dizer que tive a honra de trabalhar no Ceará Sporting Club. A decisão foi minha. Nesta segunda-feira, irei ao CT me despedir dos atletas e funcionários, que tão bem me acolheram desde a minha chegada. Desejo e espero que o clube possa reencontrar o caminho das vitórias. Pelo grupo de trabalho, pela dedicação da diretoria, e, claro, por essa torcida maravilhosa. Certamente é o maior patrimônio do Ceará, com uma média de público e participação nos jogos impressionantes. Agradeço também, de coração, ao povo cearense, sempre hospitaleiro e cordial”, avaliou.

Anunciado no dia 21 de maio, Jorginho esteve a frente da equipe por apenas 14 dias e comandou a equipe em três jogos – as derrotas para Grêmio, Chapecoense e Cruzeiro. Neste período a equipe não marcou nenhum gol e sofreu 4.

Após o anúncio da demissão de seu comandante, a diretoria cearense afirmou que trabalha para anunciar um novo nome o mais rápido possível. Ainda sem nenhuma vitória no Brasileirão, o Vozão está na lanterna da competição com apenas três pontos conquistados. Neste meio de semana, o Ceará encara o Botafogo, no estádio Nílton Santos.