Ex-Corinthians, Jô fala pela primeira vez como jogador do Ceará: "Espero fazer história"

São Paulo, SP

10/08/22 | 16:23

O atacante Jô, ex-Corinthians, falou pela primeira vez como jogador do Ceará. O atleta de 35 anos se disse motivado para esse novo desafio e afirma querer "fazer história" pelo novo clube.

"Queria agradecer o apoio da torcida, muito feliz pelo desafio, sempre bom. Estou motivado como sempre. Espero fazer história, como fiz em outros clubes, e podem ter certeza que vou dar o meu melhor", disse Jô para os canais oficiais do Vozão.

Jô rescindiu seu contrato com o Corinthians, que era válido até dezembro de 2023, antes de assinar com o Ceará. Nesta terceira passagem pela equipe paulista, o atacante fez 105 jogos, 22 gols e sete assistências.


Além do Corinthians, no Brasil, Jô acumula passagens por Atlético-MG e Internacional. Além disso, no exterior, atuou na Rússia, Inglaterra, Turquia, Emirados Árabes, China e Japão.

Ademais, o jogador conquistou dois Campeonatos Brasileiros (2005 e 2017 - no qual foi artilheiro, com 18 gols), uma Copa do Brasil (2014) e uma Copa Libertadores (2013). Pela Seleção Brasileira, Jô faturou o título da Copa das Confederações de 2013 e foi convocado para a Copa do Mundo de 2014, na qual entrou em três partidas.

Ceará ainda não conta com Jô para o clássico

Agora, no Ceará, Jô chega para ajudar a equipe na briga pela permanência no Campeonato Brasileiro. No momento, o Vozão figura na 14ª colocação, com 25 pontos ganhos - apenas a quatro de vantagem do Fortaleza, primeiro clube dentro do Z4.

Antes disso, porém, o clube nordestino se prepara para encarar o São Paulo, pela partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. Na ida, o Tricolor Paulista venceu por 1 a 0, no Morumbi, e tem a vantagem do empate. Caso o Ceará vença por um gol de diferença, a decisão irá para os pênaltis.

No entanto, o centroavante ainda não foi inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e ainda não está regularizado para o clássico contra o Fortaleza, no próximo domingo. Além disso, o jogador não atua desde 26 de maio, quando enfrentou o Always Ready, pela fase de grupos da Libertadores deste ano.

Deixe seu comentário