Walace considera chance na Seleção como "oportunidade da vida"

São Paulo, SP

09-10-2018 13:13:59

Retornando a Seleção após dois anos, o volante Walace demonstrou estar bastante empolgado com a nova chance que vem recebendo com a camisa verde amarela. Após viver um período conturbado no Hamburgo, o volante espera agora reencontrar o seu bom futebol no seu novo clube, o Hannover, e conseguir se firmar nas convocações de Tite.

"Na Alemanha eu tive problemas no começo, é difícil. O treinador queria que eu jogasse de zagueiro, eu não me sentia bem para jogar assim. Ele me colocou no segundo tempo e eu não tinha noção nenhuma, me perguntava sobre o que estava fazendo ali. Eu disse que preferia ficar no banco, que eu ajudaria mais no banco do que como zagueiro. Ele não entendeu, acabou me afastando. Graças a Deus isso é passado, hoje estou no Hannover, me dou bem com todos e isso que importa", declarou o jogador.

Walace revelou ainda que Tite teve uma conversa especial com ele e outros dois nomes que fazem a sua primeira participação da Seleção com o comandante, os atacantes Lucas e Malcom.

"Pretendo mostrar o trabalho que venho fazendo no Hannover, foi com esse trabalho que pude ter uma nova chance na Seleção. Espero agregar o que o Tite quer, tivemos uma conversa na sala. Ele e o filho dele passaram tudo que esperam da gente, chamaram a mim, Lucas e Malcom, passaram uma ideia da Seleção, como eles querem que joguemos. Quero fazer meu melhor", avaliou.

Aos 23 anos, Walace fez parte do grupo que conquistou a medalha de ouro olímpica pela Seleção Brasileira em 2016. Mesmo assim, o volante fez questão de ressaltar que vê essa nova oportunidade como a chance da vida.

"Eu procuro tratar assim, como oportunidade da nossa vida. Eu tenho que mostrar tudo o que me fez voltar à Seleção. Creio que os novos tenham essa mentalidade também, todo mundo quer voltar à Seleção, estar aqui novamente", completou.

Deixe seu comentário