Brasil

Tite valoriza versatilidade de Taison e conduta de Geromel em escolhas

São Paulo, SP

14-05-2018 15:09:58


O técnico Tite usou a regularidade como o principal atributo para justificar alguns nomes na lista dos 23 jogadores convocados para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia. Foi assim com Taison, um dos cinco atacantes preferidos pelo treinador.

“Taison tem consistência de carreira, tem 80 jogos entre Champions e Liga Europa. Acaba pesando nesse lado mentalmente forte, além de ser campeão de Libertadores (pelo Internacional”, disse nesta segunda-feira, em entrevista coletiva, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O jogador, que atualmente atua no ucraniano Shakhtar Donetsk, soma seis convocações com Tite à frente do Brasil. Com Taison, o comandante espera dar mais alternativas táticas ao time canarinho em caso de necessidade durante o Mundial. “Ele te traz versatilidade, pode jogar por dentro ou por fora”, argumentou, estendendo o seu comentário a uma observação feita por um atleta de outra modalidade.

“Ouvi uma entrevista muito interessante do Nenê, que joga no Houston Rockets, da NBA. Ele falou em consistência de momento, de trabalho. Talvez esse fator de sequência de carreira credencie ao momento máximo que é a Seleção Brasileira, principalmente em Copa do Mundo. Pressão psicológica, aspectos táticos, físicos, técnicos, emocionais são fundamentais para essa avaliação”, citou.

Tite também explicou a escolha por Pedro Geromel entre os quatro zagueiros convocados. Ele integrará o setor com Miranda, Marquinhos e Thiago Silva, vencendo a concorrência de Rodrigo Caio, Jemerson e Gil.

"O trabalho que o Geromel vem fazendo é muito bom. Aspectos individuais, feeling, percepção, coisas que não são objetivas. Grêmio mantendo padrão de regularidade há dois anos. Fazendo trabalho com garotada com Luiz Felipe (Scolari), afirmação com Roger (Machado) e colhendo todos os frutos pela qualidade do trabalho com Renato (Gaúcho). E nesse período todo, em alto nível. Nos treinos, a mesma forma. Linguagem corporal e a sua conduta. Isso credenciou", falou Tite, sobre o jogador que havia acumulado apenas duas convocações.


Após ouvir seu nome ser pronunciado por Tite na TV, Geromel falou sobre o momento da convocação, acompanhado também pelo técnico do Grêmio.

"A gente estava com todo o grupo, jogadores, comissão, o pessoal de apoio do Grêmio, todo mundo assistindo. O Renato foi a primeira pessoa que me deu um abraço, a gente não conversou ainda, mas foi um abraço que disse muito mais do que mil palavras", relatou o zagueiro, explicando os motivos pelos quais acha que foi lembrado por Tite.

"Meu caráter, minha personalidade, tudo isso é levado em conta. Eu sou um líder no Grêmio pela pessoa que sou, e muitos tentam fazer igual. Isso é muito importante e, claro, o futebol dentro de campo, que é a parte mais importante", concluiu.

A Seleção Brasileira iniciará a sua preparação para a estreia na Copa do Mundo com uma semana de treinos em Teresópolis, entre os dias 21 e 27 de maio. De lá, a delegação seguirá para a Inglaterra, onde fará amistoso contra a Croácia em 3 de junho. O último teste antes do Mundial será diante da Áustria, em Viena, no dia 10. No grupo E da principal competição do planeta, o Brasil de Tite enfrentará Suíça, Costa Rica e Sérvia.

Deixe seu comentário