Sem ser convocado, Diego diz que Seleção sentirá falta de sua experiência

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
01/06/2018 13:00:47

Em: Brasil, Brasileiro Série A, Flamengo, Futebol
Diego lamenta sua ausência na Seleção e acredita que equipe perderá ao não contar com sua experiência (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Bahia, o meia Diego desabafou sobre a sua ausência na lista final da Seleção Brasileira que vai disputar a Copa do Mundo. Fora até mesmo da lista de espera de Tite, o meia afirmou que sabia que estava a baixo no momento da convocação, porém acredita que a Seleção perde por não contar com o seu futebol.

“É verdade que no período de convocação eu não estava em evidência, mas é impossível estar em evidência o tempo todo. Eu perco, mas a Seleção também por não contar com minha experiência.  Mas, o respeito e admiração pelo Tite continua intacto. É um treinador sensacional. Confio que eles vão voltar com o troféu nas mãos”, disse o jogador, que garantiu que vai torcer pelo Brasil na Copa.

Diego esteve em algumas das litas de Tite durante amistosos e Eliminatórias, porém, na reta final, devido ao desempenho pouco eficiente com a camisa do Flamengo, perdeu espaço como outros nomes do futebol brasileiro, como Diego Souza, hoje no São Paulo, e Lucas Lima, atualmente no Palmeiras.

“Aprendi na Seleção que a convocação não depende apenas do seu desempenho, mas dos critérios da comissão técnica. Por isso não estou frustrado. Eu fiz o possível para realizar esse sonho, que também foi alimentado pelo Tite quando estive lá. Ele deixou claro o que esperava de mim e eu deixei claro que poderia assumir essa condição. Se tivesse depositado confiança em mim, eu corresponderia”, disse.

Sem estar na Rússia, o jogador tem o seu foco total na disputa do Campeonato Brasileiro pelo Flamengo. Atual líder da competição, a equipe Rubro-Negra ainda possui quatro desafios até a pausa para a Copa do Mundo. O primeiro deles acontece neste domingo, no duelo contra o Corinthians, no Maracanã.