Rival da Arábia Saudita, Tite lembra passagem pelos Emirados Árabes

São Paulo , SP
12/10/2018 09:00:58

Em: Brasil, Futebol

Às 15 horas (de Brasília) desta sexta-feira, no Estádio King Saud, a Seleção Brasileira entra em campo para enfrentar a Arábia Saudita. Na véspera do amistoso, o terceiro depois da Copa do Mundo, o técnico Tite fez questão de lembrar sua passagem pelos Emirados Árabes Unidos.

Depois de comandar o Al Ain em 2007, Tite dirigiu o Al-Wahda em 2010 antes de rumar para uma vitoriosa passagem pelo Corinthians, marcada pelos títulos da Copa Libertadores e do Mundial em 2012. Os dois clubes são dos Emirados Árabes, que fazem fronteira com a Arábia Saudita.

“Salaam aleikum. Está certa a pronúncia?”, perguntou Tite, usando saudação local. “Lembro a minha passagem e o respeito muito grande que tenho pela Arábia Saudita, aos profissionais e ao povo. Minha formação também se deu por duas vezes no mundo árabe”, afirmou o técnico.

Embora breves, as passagens pelo futebol dos Emirados Árabes foram úteis do ponto de vista profissional, garante Tite. Em 2010, ele comandaria o Al Wahda na disputa do Mundial, mas resolveu deixar o clube para dirigir o Corinthians, time que ganharia o torneio dois anos depois.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Uma das coisas que aprendi em termos táticos foi trabalhar no 4-4-2. Quando atuei no mundo árabe, vi uma influência europeia muito grande. Eu não tinha domínio específico, porque sou autodidata. E pude conciliar o lado profissional com a família”, declarou Tite, que contou com um intérprete para interagir com a imprensa local.

O técnico mandará a campo a seguinte escalação para enfrentar a Arábia Saudita: Ederson, Fabinho, Marquinhos, Pablo e Alex Sandro; Casemiro; Fred, Renato Augusto, Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. Às 15 horas de terça-feira, a Seleção pega a Argentina, em Jeddah.