Prefeito de Sochi troca presentes com CBF após último treino na cidade

São Paulo, SP

05-07-2018 07:59:57


Anatoly Pakhanov, prefeito de Sochi, fez questão de comparecer ao último treino da Seleção Brasileira na cidade para presentear os membros da CBF com alguns souvenires típicos da Rússia e agradecer pela escolha do local como base do time canarinho. Em troca, a entidade responsável pelo futebol brasileiro entregou à autoridade uma camisa da Seleção autografada por todos os atletas do elenco.

Após 24 dias em Sochi, Tite e seus comandados deram adeus ao balneário russo para viajar rumo a Kazan, local da partida decisiva válida pelas quartas de final da Copa do Mundo, contra a Bélgica. Em caso de classificação à semifinal, a Seleção Brasileira se deslocará diretamente para a cidade do seu próximo jogo no torneio.

“A cidade é maravilhosa. Foi uma grande experiência para todos nós. Muito boa a recepção aqui. Ficamos satisfeitos”, disse o futuro presidente da CBF, já eleito, e atual CEO Rogério Caboclo.

O prefeito de Sochi, Anatoly Pakhanov, presentou Caboclo e Edu Gaspar, coordenador de seleções, com matrioskas e chás típicos da região. Além disso, um livro sobre a história de Sochi também foi entregue aos membros da CBF.

Edu Gaspar, responsável por escolher as instalações da Seleção Brasileira nesta Copa do Mundo, saiu satisfeito com toda a estrutura montada em Sochi e as perfeitas condições de trabalho para o técnico Tite e os jogadores. Durante a preparação, o time canarinho teve à disposição dois campos, um deles pertencente à prefeitura da cidade, o estádio Slava Metreveli.

Deixe seu comentário