Futebol/Bastidores

Pilares do Brasil na Copa, Miranda, Coutinho e Jesus chegam à convocação em baixa

São Paulo , SP
16/05/2019 08:30:51 — 16/05/2019 08:48:35

Em: Bastidores, Brasil, Futebol, Futebol Internacional, Notícias

Titulares nos cinco jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018, Miranda, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus sofreram reviravoltas em suas carreiras de lá para cá. A um dia da convocação da Copa América, o trio, contestado nos seus respectivos clubes, vive tempos de incerteza.

Em pouco menos de um ano, Miranda perdeu o status de indiscutível da Seleção e passou a ser reserva na Internazionale de Milão. Desde agosto do último ano, o zagueiro atuou em apenas 19 jogos, amargando o banco de de suplentes em mais de metade das partidas (24) do time comandado por Luciano Spalletti, que prefere os jovens de Vrij e Skriniar.

Miranda foi titular nas cinco partidas do Brasil na Copa do Mundo, mas tem amargado a reserva na Inter de Milão (Foto: AFP)

Jesus vive situação parecida no Manchester City. O atacante é visto por Pep Guardiola como uma peça de reposição para o centroavante Kun Aguero e um “gás” novo para o segundo tempo, tanto é que atuou vindo da reserva em 22 das 60 partidas da equipe na temporada. Quando o argentino sofreu uma contusão delicada, o ex-Palmeiras ganhou uma sequência, mas não correspondeu.

Contratado pelo Barcelona no começo de 2018, Coutinho nunca engrenou e sofreu com críticas diversas críticas no decorrer de 2019. Na eliminação do Barça na Liga dos Campeões, por exemplo, o meio-campista deixou a partida na etapa final e o jornal espanhol Marca escreveu no Twitter que Semedo entrou “60 minutos mais tarde do que deveria”, dando a entender que o brasileiro não apareceu em campo.

Gabriel Jesus passou a Copa em branco (Foto: AFP)

O ex-Vasco, inclusive, foi alvo de reclamações da torcida. Após marcar um golaço diante do Manchester pela Champions, Coutinho colocou o dedo na orelha e direcionou a ação para a torcida, que não parou de vaiá-lo até o astro Lionel Messi intervir.

Na primeira convocação após a Copa do Mundo, Gabriel Jesus e Miranda foram ausências por opção de Tite. Em seguida, ambos voltaram a ser chamados e não ficaram mais de fora. Coutinho, por sua vez, foi lembrado em todas as quatro relações depois do Mundial.

Coutinho tem sido constantemente criticado pela torcida do Barça e pela mídia espanhola (Foto: AFP)

Homens da confiança de Tite, mas em baixa em seus clubes, Coutinho, Jesus e Miranda devem fazer parte do grupo da Seleção Brasileira, que será anunciado nesta sexta-feira, para a Copa América. Ainda assim, a situação do trio deixa uma pulga atrás da orelha comandante brasileiro quantos ás suas titularidades.