Futebol/Seleção Brasileira

Pelé revela papo com Neymar após a Copa: “Ficou difícil defender”

São Paulo , SP
05/12/2018 10:49:20

Em: Brasil, Futebol, Futebol Internacional, Paris Saint Germain

O desempenho de Neymar na Copa do Mundo da Rússia, acompanhado das duras críticas pelo excesso de quedas e simulações, renderam uma conversa particular entre o camisa 10 da Seleção Brasileira e Pelé. Incomodado com a repercussão do craque do Paris Saint-Germain, o Rei fez questão de “puxar a orelha” do atacante e admitiu que ficou difícil defendê-lo após o Mundial.

“Ficou difícil defender o Neymar por todas essas coisas que ele fez além de jogar futebol. E eu conversei com ele, disse que futebol ele tem. Ele deu azar porque a Seleção não ganhou a Copa e ele ficou marcado. Estive duas vezes com ele na Europa, a gente conversou e eu expliquei isso: ‘Pô, futebol, Deus te deu o dom. O que você fez é que complicou'”, disse Pelé em entrevista à Folha de São Paulo.

Pelé afirmou que Neymar errou na Copa do Mundo (Foto Fernando Dantas/Gazeta Press)

Sobre o desempenho da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018, o Rei afirmou que as críticas direcionadas à Tite e aos seus comandados foram injustas, pois a equipe não estava completamente formada e “deu azar”. Além disso, o jejum de títulos da amarelinha se deve, segundo Pelé, à evolução dos adversários. Ainda assim, o ídolo reafirmou que o Brasil é o dono do melhor futebol: “Sem dúvida”.

Depois de realizar três cirurgias em sequência, Pelé revelou que diminuiu o número de viagens e presenças em eventos por recomendação médica, mas que não deixou de acompanhar futebol pela televisão. Quanto as comparações entre Neymar e Mbappé, o Rei não pestanejou em afirmar que o brasileiro é “mais jogador” e rechaçou as discussões sobre Messi ser o melhor da história.

“É questão de gosto. Há pessoas que acham isso. Tem gente que faz comparação de um cara que cabeceia bem, chuta com a esquerda, chuta com a direita, com outro que só chuta com uma perna, só tem uma habilidade. Como pode comparar? Para comparar com o Pelé tinha de ser alguém que chutasse bem com a esquerda, chutasse bem com a direita, fizesse gol de cabeça”, finalizou Pelé, dizendo que Maradona foi “muito melhor” que Messi.