De surpresa, Neymar admite receio, mas se diz pronto para jogar

Bruno Ceccon - Rio de Janeiro,RJ

27-05-2018 14:53:05


A Seleção Brasileira embarcou do Rio de Janeiro para Londres durante a tarde deste domingo. Neymar não estava entre os atletas que concederiam entrevista na sede CBF antes de rumar para o aeroporto do Galeão, mas conversou com a imprensa para garantir que está pronto para entrar em campo, apesar de ainda sentir algum receio pela lesão.

O atacante sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito no último dia 25 de fevereiro, durante a vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha, pela 27ª rodada do Campeonato Francês. Em 3 de março, aos 26 anos, passou pela primeira cirurgia da carreira.

“Cem por cento, ainda não estou. Mas isso vem com o tempo. É normal ter receio de fazer os movimentos totais. Faltam alguns dias ainda para a estreia”, declarou Neymar, já que o primeiro jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia está marcado para 17 de junho, contra a Suíça.

Antes de embarcar para Londres, a Seleção passou uma semana concentrada nas dependências da Granja Comary. Sob os cuidados da comissão técnica, Neymar venceu todos os testes programados e participou sem restrições das atividades no gramado em Teresópolis.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Já sofri outras lesões em que tive as mesmas dificuldades. Para perder o medo, demora um pouquinho, é normal. Mas estou pronto para jogar, não tem nada que possa me impedir. O receio que sinto é por estar voltando agora, são três meses parado. Há um receio, sim. Mas não impede de jogar”, explicou.

Na reta final de preparação para a Copa do Mundo, a Seleção Brasileira enfrenta Croácia (3 de junho, em Liverpool) e Áustria (10 de junho, em Viena). A ideia da comissão técnica é utilizar Neymar já em pelo menos parte do confronto a ser travado na Inglaterra.

“Fisicamente, estou bem. O pé está bom. É claro que venho me adaptando em algumas coisas. Sinto alguns incômodos, mas nada que vá atrapalhar”, afirmou Neymar, que tratou a chance de disputar a Copa do Mundo como um sonho. “Espero que não seja interrompido mais uma vez”, disse o atacante, desfalque por lesão a partir das quartas de final em 2014.

Deixe seu comentário