Gazeta Esportiva

Meia do Corinthians marca, Brasil vence a Argentina e se classifica no Sul-Americano sub-20

São Paulo, SP

23/01/23 | 23:25 - 23/01/23 | 23:37

Pela terceira rodada do Campeonato Sul-Americano sub-20, Brasil e Argentina fizeram clássico na noite desta segunda-feira, no Estádio Pascual Guerrero, em Cali. Com gols de Guilherme Biro, do Corinthians, Andrey Santos, do Chelsea, e Vitor Roque, do Athletico-PR, a Seleção venceu por 3 a 1. González descontou já nos minutos finais para o time treinado por Javier Mascherano.

Assim, o Brasil, maior campeão, com 11 troféus, permanece com 100% de aproveitamento e garante vaga na próxima fase da competição - um hexagonal final. A equipe do técnico Ramon Menezes figura na vice-liderança do Grupo A, com seis pontos ganhos - um a menos que o Paraguai, que possui um jogo a mais.

Por outro lado, a Argentina, que soma cinco títulos, amarga a segunda derrota seguida e se complica no torneio. O time se encontra na vice-lanterna da chave, ainda sem pontuar, e não depende mais apenas de si para avançar. Colômbia, terceira colocada, com quatro pontos, e Peru, último lugar, também com zero, completam o grupo.

Na próxima rodada, o Brasil enfrenta a anfitriã Colômbia, às 21h30 (de Brasília) de quarta-feira. Mais cedo, a partir das 19 horas, a Argentina encara o Peru. Ambas as partidas acontecem no Estádio Pascual Guerrero.


O jogo entre Brasil e Argentina

Em busca da classificação antecipada, o Brasil iniciou o jogo ligado e abriu o placar logo aos sete minutos. Após arremesso lateral na área, Marlon Gomes ficou com a bola e chutou cruzado. O goleiro argentino espalmou para o meio e o corintiano Guilherme Biro, de primeira, mandou a sobra para o fundo do gol.

A Argentina respondeu aos 15, em cabeçada de Aguirre que acertou o travessão. Ainda em cima, o time de Mascherano teve um pênalti a favor nove minutos depois. Fernández recebeu passe na área e saiu cara a cara com Mycael, que derrubou o atacante e cometeu. Na cobrança, o goleiro brasileiro acertou o canto e utilizou o pé para defender o chute de Infantino.

Depois do susto, a Seleção Brasileira melhorou na partida e, aos 35, ampliou a vantagem no marcador. Após erro na saída de bola argentina, Andrey Santos conseguiu roubar e disparou. Com a defesa adversária desmontada, o volante invadiu a área e tocou na saída de Gomes Gerth.

Na volta do intervalo, a Argentina mudou a postura para buscar o empate e levou perigo logo aos dez minutos. Perrone foi acionado na área e bateu colocado, mas parou em defesa de Mycael. Quatro minutos depois, o goleiro brasileiro saiu errado e permitiu o cabeceio de Castro, que mandou para fora.

Já na reta final da partida, aos 41 minutos, o Brasil marcou o terceiro, de pênalti. Vitor Roque aproveitou erro da defesa argentina e roubou a bola dentro da área, mas foi derrubado pelo zagueiro. O próprio atacante foi para a cobrança e converteu.

Por fim, quando o relógio marcava 45 minutos, a Argentina conseguiu diminuir. Após cobrança de falta na área, González desviou de cabeça para mandar para o fundo da rede e descontar.

Deixe seu comentário