Gazeta Esportiva

Ex-médico da Seleção Brasileira crava retorno de Neymar na Copa: "Plena confiança"

São Paulo, SP

25/11/22 | 18:31 - 25/11/22 | 18:52

O médico Dr. Joaquim Grava, especialista em ortopedia e ex-profissional da Seleção Brasileira, está confiante na recuperação de Neymar até mesmo antes da eventual disputa das oitavas de final da Copa do Mundo do Catar.

O atacante brasileiro saiu lesionado na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, na estreia canarinha na competição, e está fora do próximo compromisso, contra a Suíça, na segunda-feira, pela segunda rodada da primeira fase. O lateral Danilo também não poderá atuar.

"Provavelmente é uma lesão moderada, pelo que vi e li. Ela merece muito cuidado para não se tornar grave, mas o tratamento consiste em repouso de impacto e fisioterapia, a depender do procoloco de cada Seleção, com inflamatórios para diminuir o inchaço no local", iniciou o profissional em entrevista à TV Gazeta.

"Tenho plena confiança de que o Neymar retorne ainda nesta Copa do Mundo. Na verdade, eu até confio que esse tempo de tratamento é um tempo estipulado (as oitavas de final), mas esse tempo pode ser abreviado com a qualidade do Departamento Médico da Seleção", complementou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Dr. Joaquim Grava, médico especialista em ortopedia e medicina esportiva, tem uma longa carreira dentro do futebol, com passagens por Corinthians e Santos, além da Seleção Brasileira. O Centro de Treinamento do Timão, inclusive, leva seu nome como forma de homenagem.

Segundo o profissional, são três graus de lesão no entorse de tornozelo sofrido por Neymar: leve (grau 1), moderado (grau 2) e grave (grau 3), quando pode se necessitar até mesmo de cirurgia. No caso da lesão moderada, são previstos de sete a 15 dias de recuperação.

Caso o Brasil avance para a fase do mata-mata, as oitavas de final estão previstas para acontecer do dia 3 a 6 de dezembro.


Deixe seu comentário