Gazeta Esportiva

Estreante em Copa do Mundo, Vinícius Júnior comemora vitória do Brasil contra Sérvia

São Paulo, SP

24/11/22 | 18:38 - 24/11/22 | 23:42

O Brasil estreou com vitória na Copa do Mundo do Catar 2022. Nesta quarta-feira, a equipe comandada por Tite venceu a Sérvia, por 2 a 0, no Lusail Stadium, em duelo válido pela primeira rodada do grupo G, com dois gols de Richarlison.

Apesar de não ter balançado as redes, Vinícius Júnior foi um dos destaques do Brasil. O atacante do Real Madrid, que fez sua primeira partida em Copa do Mundo, comentou sobre a estreia da Seleção e sua primeira aparição em Copa do Mundo.

"Muito feliz pela estreia, com vitória e com o pé direito, não tem coisa melhor. Esperei 22 anos para chegar aqui, muito trabalho e fico feliz de no primeiro jogo poder ajudar a equipe e sair daqui com a vitória que a caminhada é longa, são 7 finais e já vencemos a primeira", disse.


Antes da bola rolar, as expectativas estavam voltadas à escalação escolhida pelo treinador. Apesar da formação ofensiva, no primeiro tempo, a equipe teve dificuldades de criar e por isso viu seu ataque "apagado".

Na etapa final, por outro lado, o cenário foi diferente, e Richarlison apareceu bem para marcar os dois gols do Brasil. Após rebote do goleiro sérvio em chute de Vinícius Júnior, o atacante do Tottenham finalizou sem chance e balançou a rede. Já no segundo, Vini foi quem deu assistência para o camisa 9 do Brasil fazer um golaço de voleio e ampliar o placar.

O jogador do Real Madrid falou sobre a parceria da equipe e comentou a comemoração com Richarlison após o gol.

"A gente se sente muito bem, o Casemiro e o Paquetá na volância segurando tudo para nós. Eu, Raphinha e Richarlison descendo para ajudá-los. No ataque a gente faz de tudo para criar jogadas e sair vencedor.
Muito feliz por ele, que trabalha bastante. Sempre está preparado. A gente falou no vestiário que ia chegar uma e ele ia fazer o gol", completou.

A Seleção Brasileira volta a campo na próxima segunda-feira, quando enfrenta a Suíça, às 13 horas (de Brasília), no estádio 974, em Doha. Com três pontos somados, o Brasil é o líder do grupo G, à frente da Suíça, que venceu Camarões por 1 a 0.

Deixe seu comentário