Defesa de Rogério Caboclo nega assédio a funcionária da CBF

São Paulo, SP

05-06-2021 01:08:14

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Rogério Caboclo, se defendeu por meio de seus advogados da denúncia de assédio moral e sexual contra uma funcionária da CBF. O dirigente ainda afirmou que vai provar sua inocência.

“A defesa de Rogério Caboclo responde que ele nunca cometeu nenhum tipo de assédio. E vai provar isso na investigação da Comissão de Ética da CBF”, divulgaram os advogados, segundo reportagem do Globo Esporte.

Caboclo foi denunciado por funcionária da CBF nesta sexta-feira na “Comissão de Ética” e “Diretoria de Governança e Conformidade”.

De acordo com a reportagem do GE, a profissional alegou ter provas sobre os episódios que teriam ocorrido desde abril de 2020, inclusive na presença de diretores da entidade.

 

Deixe seu comentário