Com gol de Matheus Cunha, Brasil vence o Egito e avança para a semifinal das Olimpíadas

São Paulo, SP

31-07-2021 08:53:51

Neste sábado, a Seleção Olímpica duelou com o Egito nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O time de André Jardine venceu por 1 a 0, com de Matheus Cunha.

Agora, classificado para a semifinal, o Brasil enfrentará o México. A partida será na terça-feira, às 05h (de Brasília).


No primeiro tempo, a primeira chegada com perigo foi da Seleção Egípcia, aos 12 minutos, em chute de Tawfik após cruzamento, que passou perto da trave. Aos 28, foi a vez do Brasil ter uma grande chance. Richarlison tentou tabelar com Matheus Cunha, a bola sobrou para o camisa 10, que chutou forte, mas carimbou o goleiro.

Aos 36, a Seleção Olímpica conseguiu abrir. Claudinho acionou Richarlison na esquerda, que ajeitou para Matheus Cunha, no meio da área, bater no canto. 1 a 0 para o Brasil no intervalo.

Na segunda etapa, logo no início, Douglas Luiz lançou Matheus Cunha em profundidade, que ficou cara-a-cara com goleiro, tentou um toque por cima, mas parou na defesa de El Shenawy. Aos oito minutos, o autor do gol brasileiro se lesionou e deu lugar a Paulinho.

Aos 14, o Brasil teve mais uma chance de ampliar. Antony passou para Claudinho que, dentro da área, cruzou rasteiro para Richarlison, mas o zagueiro conseguiu cortar. Aos 21, Daniel Alves acionou Paulinho em profundidade, mas o atacante chutou em cima do goleiro.

No minutos finais, o Egito pressionou pela empate, principalmente em chutes de longe e jogadas de bola parada. Porém, não foi suficiente para a tirar a classificação das mãos do Brasil.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL 1X0 EGITO

Local: estádio Saitama, em Saitama (JAP)
Data: 31 de julho de 2021, sábado
Hora: 7 horas (de Brasília)
Árbitro: Chris Beath (AUS)
Assistentes: Anton Shchetinin (AUS) e George Lakrindis (AUS)
Cartões amarelos: Antony (BRA); Tawfik (EGI)
Gols:
Brasil: Matheus Cunha (36 min do 1º tempo)

BRASIL: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho (Reinier); Antony (Malcom), Matheus Cunha (Paulinho) e Richarlison (Gabriel Menino).
Técnico: André Jardine

EGITO: El Shenawy; El Eraki (Ashour), Osama Galal, Hegazy, El Wench e Fotouh; Akram Tawfik, Ammar Hamdy, Taher Mohamed (Maher) e Ramadan Sobni; Rayan (Mohsen).
Técnico: Shawky Gharib

Deixe seu comentário