Após selar vaga, Vadão cobra atenção nas oitavas da Copa do Mundo

São Paulo, SP

18-06-2015 12:52:00

Decidido a poupar os principais nomes da Seleção, como Marta e Formiga, por conta de o Brasil já estar com a primeira posição e a vaga à fase seguinte garantida, o técnico Vadão viu com bons olhos a vitória simples sobre a Costa Rica, resultado que garantiu os 100% do Brasil na primeira fase. Ainda assim, o comandante cobrou uma boa preparação das meninas, já que de agora em diante, todo jogo é eliminatório.

Decidido a poupar os principais nomes da Seleção, como Marta e Formiga, por conta de o Brasil já estar com a primeira posição e a vaga à fase seguinte garantida, o técnico Vadão viu com bons olhos a vitória simples sobre a Costa Rica, resultado que garantiu os 100% do Brasil na primeira fase. Ainda assim, o comandante cobrou uma boa preparação das meninas, já que de agora em diante, todo jogo é eliminatório.

Apesar de levar a campo um time alternativo, o comandante da Seleção Brasileira feminina pediu seriedade às atletas. “Tínhamos um compromisso com a competição, então tínhamos a obrigação de jogar com muita seriedade. E foi isso que passamos para as atletas que entraram, esse compromisso moral com a Copa do Mundo. Muitas seleções dependiam do nosso resultado”, disse o técnico à CBF TV.

Mesmo sem os principais destaques, o treinador fez uma avaliação positiva da atuação das brasileiras diante das costarriquenhas, e reforçou a necessidade de uma boa preparação já que não quer perder qualidade independente das mudanças. “Fizemos uma partida muito boa, criamos inúmeras situações de gol. Criamos o suficiente para ter vencido até por mais. Toda atleta tem que estar preparada para aproveitar as oportunidades, porque daqui para frente é uma decisão atrás da outra”, assumiu.

Técnico aprova postura da equipe contra Costa Rica e pede manutenção do nível para encarar Austrália
Técnico aprova postura da equipe contra Costa Rica e pede manutenção do nível para encarar Austrália - Credito: Reprodução

A meio-campista Andressinha, eleita a melhor em campo contra a Costa Rica, vibrou com o prêmio e fez questão de dividir o mérito com o restante do elenco. Ao analisar o próximo cruzamento, a atleta previu dificuldades. “Acho que foi importante sairmos com as três vitórias da primeira fase. Agora temos a Austrália pela frente. Assistimos a alguns jogos, vimos que é uma equipe forte e organizada e vai nos dar muito trabalho”, falou.

Deixe seu comentário