Ao lado de astros, Neymar participa de gravação de filme em Hollywood

São Paulo, SP

03-06-2016 19:57:26

Sem poder defender a Seleção Brasileira na Copa América Centenário, Neymar vem aproveitando as férias também para promover sua imagem mundo afora. Nesta sexta-feira, em Los Angeles, onde o elenco comandado pelo técnico Dunga está concentrado para o torneio, o craque gravou sua participação em um filme da trilogia Triplo X nos estúdios da produtora Paramount. O jogador ainda deverá fazer uma visita à equipe nacional, que fará sua estreia no torneio contra o Equador, neste sábado, no Estádio Rose Bowl, às 23 horas (de Brasília).

A informação de que o atleta esteve em Hollywood para a gravação de um filme foi divulgada pelo jornal O Globo e confirmada pela assessoria do atleta à Gazeta Esportiva. Ao lado de astros como Vin Diesel e Samuel L. Jackson, Neymar sairá na tela dos cinemas pelo filme "xXx - The Return of Xander Cage", marcado para estrear no Brasil no dia 17 de janeiro de 2017.

"Eu sempre quis participar de um filme e saber como é. Mas nunca imaginei que isso aconteceria ao lado de Vin Diesel ou Samuel L. Jackson. Estou bem ansioso e mal posso esperar", revelou o jogador de 24 anos, que gravou para um filme pela primeira vez na vida.

De férias nos Estados Unidos desde que conquistou a Copa do Rei com o Barcelona há duas semanas, Neymar esteve nessa semana em Nova York, onde acompanhou uma partida New York Mets, time que disputa a Liga Norte-Americana de Beisebol (Major League Baseball), além de ter participado de um encontro com a lenda Michael Jordan, com o qual estabeleceu uma parceria para ter o logotipo da marca do ex-jogador de basquete em sua chuteira. Na última quinta-feira, o brasileiro bateu bola com o cantor Justin Bieber, no quintal da casa do astro.

Principal jogador da Seleção, Neymar não poderá disputar a Copa América em função de um acordo entre o Barcelona e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Preocupado com o aspecto físico de seu atleta, o clube catalão condicionou sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto, somente se não fosse convocado para o torneio que será realizado nos Estados Unidos, a partir desta sexta.

Deixe seu comentário