Neymar pede camisa de Lampe após grande atuação do goleiro boliviano

São Paulo , SP
05/10/2017 20:05:08

Em: Bolívia, Brasil, Eliminatórias Copa do Mundo, Eliminatorias Sul-Americanas, Futebol

Acostumado a ter a sua camisa disputada por jogadores adversários, o atacante Neymar fez questão de trocá-la com o goleiro da Bolívia após o empate por 0 a 0 desta quinta-feira, em La Paz. Carlos Lampe foi o grande destaque da partida, a penúltima da Seleção Brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Neymar não foi o único a assediar Lampe, que tem 30 anos e defende o Huachipato, do Chile. Outros jogadores da Seleção e até o técnico Tite cumprimentaram o goleiro ao término do jogo. “Deis os parabéns a ele pela grande atuação”, contou o comandante do Brasil.

Tite já havia se rendido a Lampe no decorrer da partida. “Méritos dele. Vamos ser justos, pois o futebol tem sentido de justiça. Houve um momento em que me virei à arquibancada e aplaudi, mesmo estando muito bravo, torcendo para que confirmássemos as chances que criamos”, disse.

O volante Casemiro, o escolhido para capitanear a Seleção Brasileira em La Paz, seguiu o raciocínio do seu treinador. “Criamos muitas oportunidades – no mínimo, cinco claras –, mas o goleiro deles foi feliz demais. Ele fez um grande jogo”, reconheceu o atleta do Real Madrid, da Espanha. “Se tivesse um vencedor hoje, seríamos nós”, completou.

O vencedor, ainda que com um empate, foi Carlos Lampe. O goleiro desceu para o vestiário do Estádio Hernando Siles com a camisa de Neymar e ovacionado pela torcida boliviana.