Após renúncia de Hoyos, Mauricio Soria é o novo técnico da Bolívia

São Paulo, SP

25-12-2016 13:13:42

O ex-jogador boliviano Mauricio Soria foi apresentado como novo treinador da seleção da Bolívia após a inesperada renúncia de Ángel Guillermo Hoyos do comando da equipe. O argentino causou polêmica ao optar por deixar o cargo e assumir a Universidad de Chile.

Por meio de um comunicado oficial, a Federação Boliviana de Futebol (FBF) anunciou o novo técnico, que já dirigiu equipes como The Strongest, Blooming e Real Potosí. “A FBF aceitou a renúncia e determinou designar o professor Mauricio Soria como treinador nacional”, disse a entidade. Esta será a segunda passagem do técnico de 50 anos pelo time, que comandou durante a Copa América de 2015, no Chile. Nesta edição do torneio, os bolivianos foram eliminados pelo Peru nas quartas de final.

Ainda de acordo com a Federação, Soria assumirá a função imediatamente, assim como as responsabilidades inerentes à participação da Bolívia no Campeonato Sul-Americano Sub-20 do Equador, em 2017. “Estamos com a capacidade íntegra para fazer com que nossa seleção sub-20 esteja bem representada ao início do torneio”, declarou o novo treinador.

O pedido de demissão de Hoyos, que assumiu a equipe em agosto deste ano, antes da partida contra o Peru, válida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, levantou uma onda de protestos na Bolívia. “Hoyos não foi sincero conosco. Já negociava fazia tempo com a U de Chile e não nos disse nada”, disse Rolando López, presidente da Federação. Já Soria lamentou pelos bolivianos. “Ele deixou o país muito mal com esta situação que provocou”, afirmou.

A Bolívia é a penúltima colocada das Eliminatórias, com sete pontos, à frente apenas da Venezuela, que tem cinco. Das 12 rodadas já disputadas, perdeu nove vezes, venceu duas e empatou uma. O próximo compromisso da seleção é contra a Colômbia, fora de casa, em março de 2017.

Deixe seu comentário