Gazeta Esportiva

Técnico da Bélgica admite má atuação contra o Canadá, mas vibra após vitória com "um pouco de sorte"

São Paulo, SP

24/11/22 | 04:29

A Bélgica sofreu muito, mas estreou na Copa do Mundo de 2022 com uma vitória de 1 a 0 sobre o Canadá, nesta quarta-feira. Na visão do técnico Roberto Martínez, a atuação dos belgas realmente não foi boa. Contudo, ele fez questão de salientar a importância de largar no Mundial do Catar com três pontos.

“Tecnicamente, foi nosso pior jogo em um grande torneio. Mas não é tão ruim assim, já que vencemos. Uma vitória quando você joga mal não acontece por acaso. Tivemos um pouco de sorte, mas nos mantivemos firmes, inclusive sem sofrer golos, graças principalmente ao pênalti defendido por Courtois", comentou.

“Estou chocado com a nossa partida? Não. É um formato de competição diferente, não tens três semanas para te preparares, tens apenas alguns dias. Você tem que aproveitar todas as oportunidades, fizemos isso esta noite. Sem realmente sermos nós mesmos, vencemos", completou.

O comandante ainda destacou a força da seleção canadense, que está de volta à Copa do Mundo depois de 36 anos. A equipe de John Herdman até criou boas chances para mudar a história da partida, mas falhou na pontaria.

“Tenho muito respeito por esta seleção canadense. Eles mostraram uma grande dinâmica, agressividade. Entregaram um grande jogo. Do nosso lado faltaram vários elementos. Não sofrer gols contra uma grande equipa como esta é uma satisfação. Todos atacam, todos defendem. É impressionante", analisou.

Por fim, Roberto Martínez falou sobre a atuação de Kevin De Bruyne. Um dos principais meio-campistas do futebol mundial, o jogador do Manchester City pouco conseguiu aparecer diante dos canadenses.

"Não conseguimos encontrar Kevin e, portanto, ele não conseguiu se encontrar. Ele é um vencedor. Quando você não joga bem, a frustração aparece. Você tem que ser crítico, entender as coisas. Conquistamos os três pontos, agora vamos para o próximo jogo", finalizou.

A Bélgica volta a campo agora no domingo, às 10 horas (de Brasília), quando encara Marrocos, no Estádio Al Thumama, pela segunda rodada do grupo F. Os belgas lideram a chave, com três pontos.


Deixe seu comentário