Wenger fala sobre chance do Barça jogar o Inglês, mas prioriza escoceses

São Paulo, SP

02-10-2017 11:07:34

O movimento separatista liderado pelos catalães pode gerar fortes consequências ao Barcelona. Após o referendo atestar que 90% dos votos deste domingo foram a favor da independência da região, que hoje pertence à Espanha, o time de Messi, Iniesta, Luis Suárez e companhia pode ser excluído do Campeonato Espanhol. Sendo assim, o clube blaugrana já começa a avaliar algumas opções caso realmente venha a ser proibido de disputar o torneio e uma delas é competir no Campeonato Inglês.

O presidente da Liga de Futebol Profissional (LFP), Javier Tebas, já declarou previamente que o Barcelona não teria mais o direito de disputar o Campeonato Espanhol se a Catalunha declarasse independência da Espanha. Por sua vez, Arsene Wenger, técnico do Arsenal, comentou sobre a possibilidade de a equipe culé disputar o Campeonato Inglês depois de o ministro de esportes da Catalunha sinalizar para tal caminho.

“Tentarei aprender catalão e, se o Barcelona quiser jogar o Campeonato Inglês, ele certamente fará o título ficar ainda mais difícil para todos, embora eu não ache que isso vá chegar tão longe. É interessante, porque esse desenvolvimento terá incidentes no lado esportivo, já que o Barcelona é um clube com forte teor político”, disse Wenger.

Povo catalão foi às ruas nesta segunda-feira para protestar a favor da independência da região (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP)

Ainda que o fato de o Barcelona jogar o Campeonato Inglês cause grande interesse aos apaixonados por futebol, o técnico do Arsenal adotou uma postura bastante clara para expressar sua opinião sobre a vinda de mais clubes à Inglaterra. Segundo ele, há alguns times que estão na fila antes do time de Messi para disputar a Premier League.

“Seria interessante para ver como eles iriam se sair no campeonato. Temos um número suficiente de clubes aqui, 20. Se querem subir o número para 24, antes é preciso incluir os clubes escoceses para depois abrigar espanhóis”, completou Wenger.

Pelo fato de pertencer ao Reino Unido, o País de Gales possui equipes disputando o Campeonato Inglês. O Swansea, que disputa a primeira divisão desde a temporada 2011/12 é o único representante dos galeses atualmente. Escócia e Irlanda do Norte, outros dois territórios pertencentes ao Reino Unido, possuem seus próprios campeonatos.

Deixe seu comentário