Futebol/Brasileiro Série B

Kieza marca no fim, Bahia bate Criciúma na Fonte Nova e segue no G4

São Paulo , SP
20/10/2015 23:17:30 — 20/10/2015 23:21:27

Em: Bahia, Brasileiro Série B, Criciúma, Futebol
(Foto: Divulgação/EC Bahia)
Artilheiro marcou de cabeça aos 43 do segundo tempo e deu mais três pontos ao Tricolor (Foto: Divulgação/EC Bahia)

Na noite desta terça-feira, o Bahia deu mais um importante passo na caminhada rumo ao acesso à Série A do Brasileirão. Na Fonte Nova, o Tricolor venceu o Criciúma por 1 a 0, com o gol da vitória marcado apenas aos 43 minutos do segundo tempo, e se manteve no G4 da competição.

Apesar do domínio na maior parte da partida, a equipe da casa parava na forte marcação dos catarinenses, principalmente na etapa final. Foi quando Kieza, a dois minutos do fim do tempo regulamentar, aproveitou cruzamento e testou para o fundo do gol, levando ao delírio os mais de 14 mil tricolores presentes na Fonte.

O resultado leva o Esquadrão de Aço à terceira colocação, com 54 pontos e um jogo a mais que o América-MG. Na próxima rodada, os comandados de Charles Fabian vão ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo.

Já o Criciúma segue em 14º, com 39 pontos ganhos e sem perspectivas para o restante do campeonato. Na próxima rodada, o Tigre mede forças com o Santa Cruz, no Recife.

O jogo – Empurrado pela torcida, o Bahia dominou a maior parte da partida. Logo aos cinco minutos, João Paulo aproveitou vacilo da defesa do Criciúma e bateu à direita do gol de Luiz.

Falhas que foram se tornando cada vez menos frequentes por parte dos defensores carvoeiros. Bem postados, os homens da retaguarda do Criciúma dificilmente davam espaços aos baianos e dificultavam a vida dos mandantes.

Para chegar ao gol, o time catarinense apostava em contra-ataques. Em um deles, aos 28 minutos, Bruno Lopes recebeu na entrada da área e bateu muito perto da trave direita de Douglas.

Dois minutos depois, foi a vez de Gabriel exigir grande defesa de Luiz ao cabecear cobrança de falta de João Paulo. Em um “repeteco” da jogada, aos 34, Gabriel subiu e mandou para o fundo das redes, mas o árbitro assinalou impedimento e invalidou o lance.

Ainda na etapa inicial, aos 40, Kieza deixou o meia Eduardo livre de marcação para marcar, porém o jogador tricolor mandou muito longe do gol. O mesmo Kieza tentou dois minutos depois, em um bonito voleio, mas acabou jogando por cima.

No segundo tempo, apesar de persistir a pressão baiana, eram raras as grandes chances de gol. Aos 21, João Paulo cruzou na medida para Roger mandar à direita de Luiz, com muito perigo.

Quando tudo se encaminhava para um empate sem gols, o Bahia tirou o zero do placar. Aos 43 minutos, Vitor Costa cruzou com precisão para o artilheiro Kieza balançar as redes de Luiz e a torcida tricolor, garantindo três pontos à equipe da casa.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 CRICIÚMA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 20 de outubro de 2015, terça-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Público: 14.750 pagantes
Renda: R$ 338.686,50
Cartões Amarelos: Paulinho Dias e Kieza (Bahia); Maicon Silva, Joilson e Bruno Lopes (Criciúma)

GOL: Kieza, aos 43 minutos do segundo tempo

BAHIA: Douglas Pires; Railan, Gabriel Valongo, Gustavo e João Paulo (Vitor Costa); Paulinho Dias, Tiago Real (Tchô), Eduardo e João Paulo Penha (Roger); Maxi Biancucchi e Kieza
Técnico: Charles Fabian

CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Wanderson, Joílson (Ianson Acosta) e Cristiano; Barreto, Douglas Moreira e Dudu; Bruno Lopes (Wellington), Tiago Adan e Hugo (Natan)
Técnico: Roberto Cavalo