Após empate nos acréscimos, Roger destaca “coração forte” no Bahia

São Paulo , SP
14/04/2019 19:43:36 — 14/04/2019 19:55:42

Em: Bahia, Campeonato Baiano, Futebol
O atacante Rogério evitou a derrota do Bahia na primeira final estadual (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação)

A primeira final do Campeonato Baiano, disputada neste domingo, foi de sofrimento para a torcida. Após o empate no Estádio Joia da Princesa, o técnico Roger Machado destacou que, para atuar no time de Salvador, é preciso estar com a saúde em dia.

No primeiro tempo, o Bahia de Feira saiu na frente com um gol marcado por Bruninho. Nos acréscimos do segundo tempo, em superioridade numérica após a expulsão de Gabriel Bispo com a ajuda do VAR, o Bahia chegou ao empate por meio de Rogério.

“Tem que ter coração forte para trabalhar no Bahia. O bom é que o torcedor acredita até o último minuto. O que a gente costuma ver em outros lugares, quando vai chegando perto do final e o time não consegue o gol, é que a impaciência do torcedor acaba atrapalhando dentro de campo”, declarou Roger.

O técnico ainda falou em tom elogioso sobre Rogério, que entrou no lugar de Fernandão para anotar o gol do Bahia. O jogo decisivo está marcado para as 16 horas (de Brasília) de domingo, na Fonte Nova, e novo empate leva a decisão aos pênaltis.

“O Rogério em nenhum momento esmoreceu. No período que estou no clube, vem treinando muito forte. Hoje, antes do jogo, eu disse: ‘Meu filho, presta atenção dentro de campo, porque tenho certeza que pode ser um dia especial para ti’. E, realmente, foi”, afirmou o treinador.