Futebol/Campeonato Mineiro

Levir reclama de dinâmica dos clássicos: “Tem que ser torcida dividida”

GazetaEsportiva.net - Belo Horizonte , MG -
09/03/2015 10:02:03

Em: Atlético-MG, Campeonato Mineiro, Campeonatos Estaduais, Futebol, Região Sudeste

O técnico do Atlético-MG, Levir Culpi lamentou não ter vencido a partida contra o Cruzeiro, neste domingo, que terminou em 1 a 1. Apesar de ter reclamado da arbitragem, o treinador comentou que o jogo foi equilibrado e elogiou a torcida atleticana, que tinha em torno de mil torcedores presentes no Mineirão. Sobre as medidas tomadas para promover a paz no clássico mineiro, Levir criticou o fato de os jogos não serem mais com o estádio dividido entre as duas torcidas e falou sobre a organização da segurança das partidas por parte da polícia.

“Tem que ser torcida dividida e acabou. Quem cuida do evento é a polícia, são os diretores, e tudo o mais. Mas você colocar mil torcedores, nenhum torcedor, tem até jogo sem torcida, é o fim da linha. Há um envolvimento em torno do jogo que está parado. É como a nossa vida política. Não funciona nada direito em torno do futebol. Essa coisa de separar os torcedores é uma decisão que me deixa muito triste. A alma do futebol é a torcida. Por isso que a gente gosta do futebol”, comentou o técnico.

Técnico acredita que a segurança nos estádios tem que aumentar
Técnico acredita que a segurança nos estádios tem que aumentar – Credito: Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG

“Se tem problema de segurança, aumenta a segurança. Não colocam a torcida porque tem gente que faz bagunça. Se o cara faz bagunça, tem que ir para a cadeia”, observou.

O treinador também indicou que, mesmo sendo contrário à ideia ter menos torcedores nos estádios, a situação serviu de lição ao Atlético-MG – em especial no preparatório para enfrentar equipes pela Libertadores, fora de casa.

“O jogo foi em uma situação adversa, com o Mineirão cheio, isso vai acabar motivando jogadores. Tomara que seja o jogo da entrada do Atlético nas competições. O resultado, da maneira como foi, pode colocar o time em um astral muito legal”, disse.