Futebol

Hyoran não poupa elogios a Alexandre Mattos e explica saída do Palmeiras

Pedro Nascimento - São Paulo , SP
31/03/2020 15:50:57 — 31/03/2020 15:52:49

Em: Atlético-MG, Escolha do editor, Futebol, Gazeta Press
Hyoran está emprestado ao Atlético-MG até o final desta temporada (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Depois de perder espaço no Palmeiras em 2019, Hyoran foi emprestado ao Atlético-MG e logo mostrou que pode ser importante para a equipe mineira. O meia, que tornou-se titular do Galo, conversou exclusivamente com a Gazeta Esportiva e falou sobre a perspectiva do ano de seu novo time, além de comentar sobre sua saída do Verdão.

No Atlético-MG, Hyoran reencontrou Alexandre Mattos, que foi anunciado como diretor de futebol do clube. O executivo permaneceu no Palmeiras por quase cinco anos e foi muito elogiado pelo jogador do Galo.

“Alexandre é um vencedor, aonde ele trabalhou, conquistou títulos. Faz muito bem o trabalho entre todos os setores do clube e isso agrega para todos ter o mesmo objetivo. Além de ter visão de crescimento para todas áreas do clube”, afirmou o jogador.

Hyoran teve pouco tempo para trabalhar com Jorge Sampaoli, já que o treinador comandou o Galo em apenas uma partida antes da paralisação por conta do coronavírus. Apesar disso, o meia destacou a ofensividade do técnico e sua sede por títulos.

“É um treinador de auto nível e mostrou isso em pouco tempo de trabalho. Estou com a expectativa muito boa para voltar a trabalhar e fazer com que o modelo de jogo dele dê certo, sabemos que é um modelo muito ofensivo e vamos fazer de tudo pra dar certo e buscar títulos”, disse o atleta.

Por fim, Hyoran avaliou sua passagem pelo Palmeiras. O jogador acredita que teve bom desempenho quando recebeu oportunidades no Alviverde e explicou o que motivou sua saída do clube.

“Minha passagem pelo Palmeiras foi muito boa, correspondi em todas as vezes que atuei e conquistamos um título brasileiro. Sobre retornar ao clube, não penso nisso agora, estou focado no Atlético”, pontuou Hyoran.

“O jogador sempre deseja jogar o máximo possível, porém não cabia a mim essas escolhas. Mas não foi isso que motivou minha saída. Minha saída veio de um consenso com minha família onde achamos que algo novo, com novos objetivos seria muito bom”, completou.

Até o momento, Hyoran disputou 12 partidas pelo Atlético-MG, com um gol marcado e duas assistências. O meia, que tem contrato junto ao Palmeiras até dezembro de 2021, está emprestado ao Galo até o final desta temporada.

Ads – Rodapé Posts




  • Alberto Pellegrini

    Mas claro que vai cobrir de elogios, ganhava no Palmeiras bem mais que merecia.

  • Luiz Alberto

    Infelizmente o Palmeiras continua da mesma forma, passaram Felipao, Mano e agora o Luxemburgo, tem muitos atletas come e dorme o maior exemplo é o Lucas Lima, todos chegam dizendo comigo ele vai jogar e sendo um dos mais caros da folha de pagamento que é acima de 8 milhões mês somente a parte CLT, vamos chegar em 2035 e estarão tentando fazer o cara jogar, dai tem Ramires, Scarpa, Veiga, os emprestados Borja e Deiverson e outros mais e o técnico de novo tá perdido e não sabe montar o time, porisso entendo que o Hyoran foi mal aproveitado