Galo leva susto, mas vira sobre o Melgar e estreia bem na Libertadores

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

17-02-2016 23:42:08

Que altitude, que nada! Em Arequipa, no Peru, a quase três mil metros acima do nível do mar, o Atlético-MG estreou com o pé direito na Copa Libertadores e, de maneira convincente, bateu de virada o Melgar-PER, por 2 a 1, diante de um ótimo público no estádio Monumental nesta quarta-feira.

Pode-se dizer que, em meio à altitude, o Galo “perdeu” o ar quando foi surpreendido com um gol, marcado por Omar Fernández, logo no começo da partida. Porém, após o susto, o Atlético-MG recuperou rapidamente o fôlego e alcançou uma virada justa ainda no primeiro tempo, com gols de Rafael Carioca e Patric. Na etapa complementar, o time mineiro seguiu superior, mas teve que segurar uma forte pressão peruana no final do jogo para garantir a vitória.

O Atlético-MG volta a entrar em campo pela Libertadores no dia 24 de fevereiro (quarta-feira), quando recebe o Colo-Colo, às 21h45 (de Brasília), no Independência. Antes disso, o Galo joga pelo Campeonato Mineiro contra o Boa Esporte, no próximo domingo, às 17h, também no Horto.

O Jogo – Jogando diante de um bom público, o Atlético-MG foi, logo no início, assustando a torcida do Melgar. Nos primeiros minutos, Marcos Rocha fez belo lançamento para Hyuri que soltou a bomba e a bola passou com perigo, ao lado do gol de Ferreyra.

Melhor na partida, o Galo foi surpreendido aos 13 minutos. Após cruzamento na área, Léo Silva cortou mal e Fernández tocou para Cuesta finalizar. O arremate acabou parando no capitão atleticano, porém Fernández foi esperto e, no rebote, abriu o placar.

Apesar do gol sofrido, o domínio seguia todo do Atlético-MG, que perdeu ótima chance para empatar com o Patric, que, cara a cara com o goleiro, isolou. Na sequência, Rafael Carioca mostrou como se faz e, de fora da área, fez um golaço aos 20 minutos.

Patric marcou, no final do primeiro tempo, o gol da vitoria atleticana (Bruno Cantini/CAM)
Patric marcou, no final do primeiro tempo, o gol da vitoria atleticana (Bruno Cantini/CAM)

Os minutos seguintes da partida foram de intensa pressão atleticana e, após perder outra boa oportunidade na partida, Patric se redimiu aos 38 minutos. O camisa 29 recebeu passe preciso de Luan e mostrou tranquilidade para limpar o goleiro antes de marcar o segundo do Galo.

Na volta para o segundo tempo, o Galo seguiu envolvente no ataque, construindo a melhores jogadas, porem faltava o acerto no último passe. Quando o Atlético-MG trabalhou a bola com perfeição, Lucas Pratto finalizou de fora da área e a bola acabou carimbando o travessão.

Desperdiçando a possibilidade de alcançar uma vantagem mais tranquila no placar, o Galo mantinha uma diferença perigosa no placar. Ainda vivo na partida, o Melgar apareceu bem nas finalizações de Quina e Cuesta, porém, Victor, bem posicionados fez boas defesas.

O time peruano seguiu pressionado, e José Fernandez levou muito perigo em lance de cabeça, mas Victor, mais uma vez bem posicionado, defendeu. Apesar da blitz do Melgar no final da partida, o Galo se manteve bem na defesa e segurou a vitória fora de casa.

FICHA TÉCNICA

MELGAR-PER 1 X 2 ATLÉTICO-MG

Local: estádio Monumental, em Arequipa (PER)
Data: 17 de fevereiro de 2016 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Lamouroux (COL)
Assistentes: Wílmar Navarro (COL) e Alexander León (COL)
Cartões Amarelos: Quina e Santamaría (Melgar); Hyuri e Leandro Donizete (Atlético-MG)

GOLS

MELGAR: Omar Fernández aos 13 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-MG: Rafael Carioca aos 20 minutos e Patric aos 38 minutos do primeiro tempo

Melgar: Ferreyra; Villamarín, Bolaños e Arias (Sánchez); Arismendi, Leudo, Santamaría (Estrada), Omar Fernández e Quina; Cuesta e Zuñiga (José Fernández)
Técnico: Juan Reynoso

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca (Eduardo), Leandro Donizete, Patric, Luan (Dodô) e Hyuri (Lucas Cândido); Pratto
Técnico: Diego Aguirre

Deixe seu comentário