Felipe Santana volta mal, mas sonha em reviravolta no Galo

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
12/02/2018 17:18:12

Em: Atlético-MG, Bastidores, Campeonatos
Felipe Santana viveu um 2017 com muitas críticas(Foto: Bruno Cantini/CAM)

A derrota para a Caldense, por 2 a 1, no Independência, no último sábado, pelo Campeonato Mineiro, mostrou o zagueiro Felipe Santana ainda com problemas defensivos. O jogador errou alguns lances, um deles importante para o resultado do jogo. Bastante criticado desde 2017, o jogador sonha em dar a volta por cima com a camisa preto e branca.

“Eu acho que todo jogador quer jogar. Jogar em alto nível, sem dor. É meu caso. Estou sendo acompanhado de perto, fazendo trabalhos específicos para conseguir ter sequência. Ano passado foi ano de redescoberta. Eu sabia que não seria um ano fácil. Sabia que era um ano de adaptação. Coisas aconteceram, contusões, serviu de lição. Me mostrou como recuperar. Hoje eu sou outro Felipe. Esperto o mais rápido possível ajudar da minha maneira”, destacou o defensor.

Felipe Santana é reserva no Atlético e não conta com grandes oportunidades. Atualmente, a dupla do Galo é Leonardo Silva e Gabriel. No último fim de semana, Iago Maidana teve uma estreia discreta.

Santana ressalta que a diputa é sadia dentro do Atlético. “A questão de aposta. Futebol é resultado. Hoje estão apostando em uma dupla que, se não der resultado, a torcida vai criticar. Pode ou deve ter mudanças. Os jogadores que estão hoje, Gabriel, Leo, Bremer, Iago, são jogadores que brigam pela vaga. Existe uma sequência, futebol é resultado. Se as coisas não funcionam, a tendência é de mudar. O trabalho é para ser titular, quanto mais disputa, melhor para o Atlético”, finalizou.