Futebol/Mercado

Em negociação de Diego Tardelli com a China, Aloísio pode chegar ao Galo

GazetaEsportiva.net - Belo Horizonte, MG -
02/01/2015 19:25:00

Em: Atlético-MG, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Futebol Internacional, Região Sudeste

A negociação de Diego Tardelli com o Shandong Luneng, clube chinês dirigido por Cuca, pode trazer um novo reforço ao Atlético-MG. Para não ultrapassar o limite de estrangeiros em seu elenco, a representação asiática pode incluir na transação o atacante brasileiro Aloísio. Conhecido como Boi Bandido, principalmente após sua passagem pelo São Paulo, o dianteiro chegaria para suprir a ausência do camisa 9, ao lado do argentino Lucas Pratto.

A proposta do Shandong Luneng por Diego Tardelli gira em torno de 6 milhões de euros (cerca de R$ 20,5 milhões), e a inclusão do Boi Bandido é um dos requisitos do Galo para que a negociação seja firmada. Com a possível saída de Guilherme e sem o camisa 9, o elenco atleticano contaria apenas com Lucas Pratto, Luan, Carlos, Marion e Cesinha – já que André e Jô não devem ser aproveitados.

Em território chinês, os clubes podem contar com apenas quatro atletas estrangeiros em seu elenco. O Shandong Luneng, até o momento, possui o número limite. Além de Aloísio, os asiáticos têm em seu elenco Júnior Urso (volante), Montillo (meia ex-Cruzeiro) e Vágner Love, atacante com passagens por Flamengo e Palmeiras.

Pelo Shandong Luneng, Aloísio disputou 34 partidas e balançou as redes em 19 oportunidades. Antes de desembarcar na Ásia, o Boi Bandido, revelado pelo Grêmio, passou por Chiasso-SUI, Caxias-RS, Chapecoense e Figueirense.

Comandado por Cuca e companheiro de Love e Montillo, Aloísio pode chegar ao Galo em negociação por Tardelli
Comandado por Cuca e companheiro de Love e Montillo, Aloísio pode chegar ao Galo em negociação por Tardelli – Credito: Divulgação