Caso Fred: CNRD dá ganho de causa para o Atlético-MG

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
15/06/2019 12:11:44

Em: Atlético-MG, Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonatos, Cruzeiro
Fred perdeu novamente na CNRD (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

A Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) negou os embargos do Cruzeiro e do atacante Fred mantendo a decisão favorável ao Atlético-MG na cobrança de multa de R$ 10 milhões. A decisão foi informada pelo vice-presidente do Galo e advogado, Lâsaro Cunha, em seu perfil no Twitter.

“Caso Fred: CNRD acaba de negar os embargos declaratórios do jogador e seu atual clube. Mantida assim a multa e suas atualizações pela Câmara Arbitral”, postou Lásaro.

O Atlético cobra o valor de R$ 10 milhões pela transferência de Fred ao Cruzeiro. Quando assinou o distrato com o Galo, o atleta confirmou, em documento, que não iria para a Raposa até dezembro de 2018 – quando encerraria o vínculo dele com o alvinegro. No entanto, um dia após sair do time preto e branco, ele assinou com o clube celeste.

Para evitar problemas, Fred assinou com o Cruzeiro alguns documentos. Além do vínculo se tornando atleta da Raposa com seus respectivos valores, os advogados do avante forçaram um contrato tornando a Raposa devedora solidária em caso de cobrança do Atlético na multa dos R$ 10 milhões. O atleta pode, inclusive, bloquear contas da agremiação caso não tenha apoio.

Cruzeiro deve recorrer

O caso no CNRD foi encerrado. Agora a Raposa deve recorrer da decisão no Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA). Os advogados dos dois lados – Fred e Cruzeiro – têm 21 dias para recorrer. Como já existe uma decisão o processo no CBMA será bem mais rápido.