Futebol/Copa Sul-Americana

Atlético-MG vence o Unión Santa Fé, mas dá adeus à Copa Sul-Americana

São Paulo , SP
20/02/2020 23:33:17 — 21/02/2020 00:00:35

Em: Atlético-MG, Copa Sul-Americana, Futebol, Futebol Internacional, Gazeta Press

O Atlético-MG venceu o Unión Santa Fé por 2 a 0 nesta quinta-feira, mas não foi suficiente para avançar na Copa Sul-Americana. Depois de perder por 3 a 0 no jogo de ida, o Galo até começou bem no primeiro tempo da partida de volta, mas não conseguiu manter o nível no segundo e acabou eliminado.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Mesmo com a eliminação, os atletas receberam aplausos da torcida, que encheu a Arena Independência. O Galo se despede de uma das principais competições do clube no ano e agora volta suas atenções na Copa do Brasil e no Campeonato Mineiro. Na próxima quarta-feira, os alvinegros encaram o Afogados pela competição nacional.

O jogo

O primeiro tempo teve um roteiro quase perfeito para a torcida atleticana. Se precisava de um gol logo cedo para tirar a diferença do jogo de ida, Otero tratou de iniciar os trabalhos logo aos 15 minutos. Em cobrança de falta, o venezuelano bateu com veneno e abriu o placar no Horto.

O Unión Santa Fé até chegou a assustar aos 17, com uma bola na trave de Bottinelli, depois de cobrança de escanteio. Mesmo assim, o Atlético continuou em cima e chegou ao segundo aos 28. Réver foi derrubado dentro da área e a arbitragem assinalou pênalti. Hyoran foi para a cobrança e bateu firme no cantinho, sem chance para o goleiro.

Na segunda etapa, o Galo começou mantendo o ritmo forte e não faltaram oportunidades para ao menos levar o jogo para os pênaltis. Arana e Hyoran tiveram chances claras, mas brilhou a estrela do goleiro Moyano para impedir a rede balançar.

A partida se encaminhou para os minutos finais com os jogadores atleticanos cansados, mas empurrados pela sua torcida. Dudamel colocou Ricardo Oliveira para fazer dupla de ataque com Di Santo e o time foi para o tudo ou nada, mas não conseguiu mandar a bola na rede. Com o insuficiente 2 a 0, o Galo acabou eliminado da competição.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 0 UNIÓN SANTA FÉ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 20 de fevereiro de 2020, quinta-feira
Hora: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Nicolas Gallo (COL)
Assistentes: Sebastian Vela (COL) e Wilmar Navarro (COL)
Cartões amarelos: Nathan e Iago Maidana (Atlético-MG); Calderón, Elías, Milo, Troyansky e Javier Méndez (Unión Santa Fé)
Gols:
Otero, aos 15 do 1ºT e Hyoran, aos 28 do 1ºT (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Michael; Réver (Iago Maidana), Gabriel e Igor Rabello; Guga (Ricardo Oliveira), Jair, Nathan, Hyoran, Otero (Marquinhos) e Guilherme Arana; Di Santo
Técnico: Rafael Dudamel

UNIÓN SANTA FÉ: Sebastián Moyano; Brian Blasi, Franco Calderón, Jonathan Bottinelli, Claudio Corvalán; Javier Cabrera, Jalil Elías, Javier Méndez, Milo (Bonifacio) e Gabriel Carabajal (Troyansky); Walter Bou (Mazzola)
Técnico: Leonardo Madelón




  • Tereza Nagayka

    acorda diretoria sonolenta(flamengo foi buscar tecnico primeiro mundo com cabeca evoluida vcs buscaram um tecnico de terceiro mundo(nada contra terceiro mundo) mais olha o futebol mediocre que meu galao ta jogando pior que antes( fez dois gols achados de bolas paradas)nenhuma jogada boa alias no bumba duas oportunidades cara a cara que jogadores pipocaram,nada de evolucao nadinha mesmo,,,, se o adversario se dispusesse a jogar teria batido o galao com facilidade nossa zaga esta pessima rever lento pesado sem nocao de marcacao so salva o igor rabelo, esse di santo nao acertou uma bola de cabeca nada de nada ricardo oliveira idem acorda ou so mineiro e olha la