Nada está descartado, afirma responsável pela busca de Marcelo Cabo

São Paulo, SP

16-01-2017 16:18:04

A Polícia Militar está em busca de informações sobre o técnico do Atlético Goianiense, Marcelo Cabo, desaparecido desde a madrugada de domingo. O tenente-coronel Urzeda, da Polícia Militar do Estado de Goiás, concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira para falar sobre as investigações.

“Nada está descartado”, afirmou o tenente-coronel. Segundo Urzeda, o treinador chegou em casa por volta das 2h30 da madrugada do domingo, teve um contato com seus familiares às 2h40 e voltou a sair de seu apartamento às 3h02.

As câmeras de segurança de seu prédio mostram o treinador saindo com seu veículo, um Palio Attractive branco. “Ele saiu no carro dele e, desde então, não temos mais informações. Ele estava sozinho segundo imagens do circuito de segurança. A gente acha que ele saiu para ir a um local perto porque deixou o telefone carregando, e a carteira lá”, comentou.

Ainda segundo o tenente-coronel, Marcelo Cabo teria saído apenas com o seu cartão de débito, que não consta nenhuma utilização desde o momento da saída do treinador.

O Atlético Goianiense divulgou uma nota oficial, na tarde desta segunda feira, dando mais informações sobre o desaparecimento de seu treinador. Confira:

O Atlético Clube Goianiense ainda não tem notícia do técnico Marcelo Cabo. O treinador foi visto pela última vez na madrugada de sábado para domingo (15/01). As imagens do circuito interno de segurança do edifício onde ele mora no Jardim Goiás registraram o momento em que Marcelo entrou no seu carro, estacionado à frente da portaria, e saiu.

O treinador não compareceu ao treinamento realizado na manhã desta segunda-feira e o clube já acionou a Polícia Militar. O caso também foi registrado na Delegacia de Investigações Criminais de Goiás.

O clube está em contato com a família e se colocou à disposição dela e das autoridades competentes para a solução do caso com a maior brevidade possível.

Deixe seu comentário