Weverton se defende após perder pênalti pelo Furacão

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

21-09-2016 23:59:15

Weverton poderia ter terminado a noite como grande herói de uma possível classificação do Atlético Paranaense na Copa do Brasil. Porém, uma decisão na cobrança de pênaltis, que garantiu o Grêmio na próxima fase, inverteu o destino do arqueiro rubro-negro. Mesmo defendendo três penalidades, um erro em sua própria cobrança o tornou o vilão para parte da torcida.

“Recebi muitas mensagens de torcedores e as pessoas achando que tomei a bola para bater o pênalti. Mandaram o aviso para eu cobrar. Minha função é pegar os pênaltis. E fiz minha função muito bem feito. Erramos cinco pênaltis e parece que o culpado fui eu”, disse o jogador, chateado com as críticas. “Me chamaram de pessoa pouco humilde, que tive soberba. Não vale discutir com ninguém”, completou.

O goleiro atleticano assumiu sua parte no lance e tentou relativizar, tanto os elogios quanto as reclamações. “Não vou fugir da minha responsabilidade. Peguei a bola, bati e errei. Assim como outros da equipe. Às vezes torcedor fala que jogador é mercenário. Mas, tem que ter equilíbrio nas coisas. Quando estar bem não se exaltar. E quando estar mal não se abater”, avaliou.

Resumindo o que aconteceu, Weverton voltou a destacar seu desempenho ao defender três pênaltis, mas não deixou de lembrar que outros companheiros, assim como ele falharam. E isso custou a classificação. “Minha parte foi muito bem. E errei como outros erraram. Mas, me pediram para abater. Treinei, fui bem e me pediram para bater”, concluiu.

Deixe seu comentário