Low elogia calma da Alemanha e ignora chance de pegar o Brasil

São Paulo, SP

23-06-2018 18:20:28


O técnico Joachim Low manteve a serenidade típica da sua postura na beira do campo, mas não conseguiu esconder a felicidade pela virada sobre a Suécia, neste sábado, pela segunda rodada do Grupo F da Copa do Mundo. Na entrevista coletiva concedida minutos após o embate, ele fez questão de exaltar a calma da equipe ao trocar passes na entrada da área para achar o melhor momento de finalizar.

"Eu fiquei muito feliz com os gols, essa virada é uma coisa que acontece muito raramente. No último minuto ainda, mas o que foi bom foi que quase 100% das nossas chances apareceu depois de uma troca de passes. Foi isso que levou ao nosso sucesso no jogo. Isso me alegrou muito, a calma para trocar passes no final da partida", disse ele, admitindo que já não esperava o triunfo.

"Temos que lidar com as emoções. Nós arriscamos muito nos últimos dez minutos, colocamos o Brandt, tivemos que trabalhar a parte defensiva, era uma situação muito perigosa para a gente. As emoções foram muito grandes, a bola do Gomez, do Brandt, foi um jogo muito dramático. Todos os jogos eliminatórios costumam ser dramáticos", continuou o comandante.

O triunfo, por sinal, colocou a Alemanha cada vez mais perto do caminho do Brasil na Copa do Mundo. Com três pontos, os germânicos dependem apenas de si para avançarem e, caso a Suécia não vença o México, ficarão em segundo na chave. Posição que, nas oitavas de final, cruza com o primeiro colocado do grupo do Brasil.

"Eu não preciso falar sobre isso, ou pensar sobre isso. É outro grupo e a Suíça e a Sérvia têm boas chances. A gente tem que ganhar da Coreia do Sul para poder estar na próxima fase e o que vier está bem", disse Low, já de olho no embate da quarta-feira, em Kazan.

"O Reus saiu muito cansado, bastante extenuado fisicamente. Nós perdemos o Boateng com o cartão vermelho, o Rudy quebrou o nariz. A partir de amanhã (domingo) pensamos em opções, descansamos os jogadores e nos preparamos para a partida", concluiu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário