Gazeta Esportiva

"Decepção brutal", diz técnico da Alemanha após derrota para o Japão na estreia da Copa

São Paulo, SP

24/11/22 | 05:00

A Alemanha foi surpreendida e estreou na Copa do Mundo de 2022 com uma derrota de 2 a 1 para o Japão, nesta quarta-feira. O técnico Hansi Flick demostrou a sua insatisfação após o revés e admitiu que os alemães já estão sob pressão.

"Há uma decepção brutal entre os jogadores e a comissão técnica. Com essa derrota e nenhum ponto, estamos sob pressão. Não há dúvidas", comentou.

A seleção alemã até saiu na frente, com gol de Gundogan. Contudo, os japoneses partiram para o ataque no segundo tempo e, assim, alcançaram a virada. Na visão, de Hansi Flick, o seu time cometeu muitos erros individuais.

“Estávamos no caminho certo e tivemos 78% de posse de bola no primeiro tempo. No segundo tempo também criamos boas chances em uma fase e infelizmente não aproveitamos. O Japão foi simplesmente mais eficiente lá", analisou.

"Cometemos erros individuais que não se deve cometer em um Mundial, especialmente na parte defensiva. Temos que fazer melhor do que isso", ampliou.

Agora, a Alemanha precisa vencer a Espanha no próximo domingo para não correr o risco de ser eliminada já na segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo do Catar. A bola rola no gramado do Estádio Al Bayt a partir das 16 horas (de Brasília).

"A Espanha é uma equipe diferente, por isso temos um plano de jogo diferente. Vamos precisar. Temos que ter caráter para abordar a situação de forma diferente. Temos que ser corajosos, determinados e ter a agressividade que se precisa em uma Copa do Mundo", disse.

"Temos algo a compensar e temos de arriscar contra a Espanha no domingo. Temos qualidade para ganhar, mas temos de mostrar isso ao longo dos 90 minutos", finalizou.

A Alemanha está na terceira colocação do grupo E, com zero pontos, três a menos que a líder Espanha e o vice-líder Japão.


Deixe seu comentário