Corrida e Caminhada/São Silvestrinha

Paulista cruza a linha de chegada de costas e leva ‘tricampeonato’

Beatriz Cesarini e André Sender - São Paulo
20/12/2014 19:10:00 — 17/11/2015 17:23:23

Em: Mais Esportes, São Silvestrinha

Após um ano de treinamento para a São Silvestrinha, o paulista Allif Araújo liderou os 600m da categoria 14 anos e cruzou a linha de chegada em primeiro lugar com tranquilidade. Sentimento que foi representado durante o final do percurso realizado na tarde deste sábado, já que, quando percebeu que conseguiria o lugar mais alto no pódio, o jovem decidiu terminar a prova correndo de costas.

Allif, que venceu pela terceira vez a corrida mirim, fez o tempo de 1min34s65. No segundo lugar do pódio, Moisés da Silva cruzou a linha de chegada com o tempo de 1min35s95. E em terceiro lugar, Gabriel Candito Noberto completou os 600m em 1min36s25.

Allif foi aproximadamente um segundo mais rápido do que o segundo colocado, com o tempo de 1min34s65 e já pode se considerar ‘tricampeão’. O atleta mirim fez o melhor tempo nas provas de 2013, quando tinha 13 anos, e em 2012, aos 12 de idade, categorias que não são válidas para a conquista de pódio e troféus, mas são cronometradas.

Allif Araújo terminou a São Silvestrinha correndo de costas
Allif Araújo terminou a São Silvestrinha correndo de costas – Credito: Fernando Dantas/Gazeta Press

“Me preparei durante um ano para a São Silvestrinha. E já ganhei duas vezes essa competição: em 2012 e 2013, nos 100m. Espero muito correr a São Silvestre no futuro, quando tiver idade. Com essa vitória, planejo conquistar muitas outras provas: a competição que tiver, estarei correndo”, disse Allif depois de receber o troféu.

Segundo colocado na categoria 14 anos, Moisés Munhoz da Silva chegou aproximadamente um segundo depois de Allif, com o tempo de 1min35s95. O jovem da cidade de Maringá, no Paraná, já treina há três anos e espera se tornar um atleta profissional.

“A gente vem de tão longe… Então nós esperamos muito conquistar um bom resultado. Faz três anos que eu treino e venho me preparando desde o início do ano para essa prova. Eu espero sempre espera a vitória, mas o segundo lugar também foi bom”, disse Moisés.

* Especial para a Gazeta Esportiva.Net