Corrida e Caminhada/São Silvestrinha

Meninos do Brasil Vale Ouro dominam pódio da categoria 14 anos

Beatriz Cesarini e André Sender - São Paulo
20/12/2014 19:55:00 — 17/11/2015 17:15:48

Em: Mais Esportes, São Silvestrinha

Os jovens atletas das Estações de Conhecimento do Projeto Brasil Vale Ouro dominaram a premiação da São Silvestrinha da categoria 14 anos de idade masculino, na tarde deste sábado, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, na zona sul de São Paulo. Com o tempo de 1min26s98, André ficou no lugar mais alto no pódio. Logo atrás, em segundo lugar, Matheus de Jesus Lima fez 1min28s17. João Victor completou o 600m em 1min32s10 e alcançou a terceira colocação.

André comemorou a vitória e dedicou o primeiro lugar a um amigo do Projeto Brasil Vale Ouro, que não pôde competir a versão infanto-juvenil da maior corrida de rua da América Latina. Após o bom resultado, o atleta de Brumadinho-MG também contou que já está focado em futuras competições para a conquista de mais resultados positivos.

Os atletas do Projeto Brasil Vale Ouro comemoram o fato de terem conquistado o pódio juntos
Os atletas do Projeto Brasil Vale Ouro comemoram o fato de terem conquistado o pódio juntos – Credito: Fernando Dantas/Gazeta Press

“Foi muito emocionante. Nós nos preparamos muito para conseguir esse feito. Agora quero continuar treinando para alcançar muitos outros objetivos. O meu sonho é ser atleta profissional. É muito bom ganhar com a mesma equipe. Tinha até um colega um colega nosso que não pode estar aqui neste sábado, ganhei por ele”, disse André depois de receber o troféu.

Terceiro colocado, João Victor se surpreendeu com o com resultado, pois tinha ficado fora dos treinos por dois meses e retornou recentemente para conseguir competir a São Silvestrinha. Além disso, o atleta comemorou o fato do pódio ser dividido com colegas da mesma equipe.

“Sempre tem um gostinho ter no pódio a mesma equipe. Pretendo ser atleta profissional desde que comecei a treinar atletismo. E eu estou sem palavras. Não sei nem como consegui chegar esse terceiro lugar. Ainda mais porque tive que parar dois meses, e voltei treinando muito forte para essa competição”, declarou o atleta também de Brumadinho.

*Especial para a Gazeta Esportiva.Net